Empregos

Como montar o currículo ideal em tempos de crise?

 

 

 

By  | 10/11/2017

Como montar o currículo ideal em tempos de crise?

O currículo é a porta de entrada para a conquista da tão sonhada vaga de emprego e como ele é o seu cartão de visitas, precisa ser elaborado com muita atenção, pois diante de tanta escassez de vagas e de um número assustador de concorrentes, ter uma boa apresentação curricular pode fazer toda a diferença.

Se você quer criar um currículo campeão, fique atento para evitar os erros mais comuns, como uso inadequado do português, excesso de informações e excesso de recursos visuais como cores desnecessárias. Além disso, siga as recomendações para cada um dos campos especiais como:

Dados pessoais

Inclua apenas o primordial, como nome, endereço completo e dados para contato atualizados. Informações como idade e estado civil são opcionais e numeração de documentos são absolutamente dispensáveis neste momento.

Objetivo

Este espaço é fundamental para atrair a atenção do contratante, por isto, deixe bem claras suas pretensões e redija este campo de acordo com o cargo ao qual está se candidatando. Se for incluir currículos em áreas diferentes, crie também modelos distintos, específicos para cada oportunidade.

Formação

Neste campo devem ser apresentadas suas formações acadêmicas, organizando pelas mais recentes. Inclua a nomenclatura da formação, nome da instituição e datas de início e previsão de conclusão.

Se possuir muitos outros cursos de formação complementar, dê destaque apenas aos que contribuem diretamente para o cargo ao qual está concorrendo, para ajudar o responsável pela seleção com as informações mais objetivas e relevantes.

Experiência profissional

Este espaço é destinado para falar sobre sua carreira e precisa ser conciso para expor o que é mais importante, como principais tarefas desempenhadas, conquistas, resultados e contribuições. Não deixe de iniciar pelas experiências mais recentes.

VOCÊ VIU?  Currículo

Conhecimentos de idiomas

Neste campo não minta, nem exagere nas informações, pois na hora de ser testado, pode destruir todas as suas chances, pois não adianta dar desculpas como “meu inglês\espanhol está enferrujado, mas com um curso rápido recupero”. Se estiver cursando, pode indicar previsão de conclusão.

Informações complementares no currículo

As informações citadas acima são as mais importantes e não podem faltar em sua apresentação curricular, no entanto, há outros pontos, opcionais que podem ser incluídos, como experiência internacional, em casos onde tenha passado por intercâmbios ou outras experiências acadêmicas ou profissionais.

Informações salariais como último salário ou pretensão, só devem ser informados quando solicitado pelo recrutador, caso contrário, você poderá estar criando uma barreira inicial que bloqueie até mesmo a entrevista.

Cartas de apresentação podem ser úteis em alguns casos, mas o ideal é que as mesmas estejam resumidas, com um texto redigido em, no máximo, 5 linhas e que a função desempenhada anteriormente seja correspondente ao cargo ao qual concorre.

Nunca anexe fotos, redija em primeira pessoa, deixe passar erros de ortografia e concordância ou use fontes variadas ou muito pequenas. Isto pode dificultar a leitura e fazer o selecionador desistir antes de terminar de checar seu currículo.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

VOCÊ VIU?  Empregos em Fortaleza
Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *