Abrir Empresa

Gestão de Pessoas – Guia Completo

 

 

 

By  | 20/10/2017

A gestão de pessoas também é um dos pontos cruciais para que o negócio dê certo. Não basta abrir uma excelente empresa, com ideias inovadoras e alto potencial de desenvolvimento, se a mesma não puder contar com um time capacitado e uma equipe com propósitos alinhados.

Como gerenciar e motivar pessoas é um grande desafio, para superá-los é preciso buscar e reconhecer boas práticas que contribuem para este alinhamento e bons resultados do negócio. Entre algumas sugestões de gerenciamento eficiente de pessoal estão práticas como:

Manter o foco em seu trabalho e no outro

É importante não se desligar das próprias atividades, para conseguir educar a equipe principalmente pelo exemplo praticado, mas além disso, também é fundamental estar atento ao desempenho dos membros da equipe. Não para apontar defeitos, falhas e problemas, mas para buscar formas de colaboração e momentos ideais para feedbacks construtivos.

Interagir sem ser impositivo

A figura do dono de um negócio sempre vem cercada pela imagem de um mito, supostamente de uma pessoa cheia de autoridade e, na maioria dos casos, inacessível. Faça um esforço para quebrar este estigma. Dedique-se ao trabalho mostrando-se presente de forma humanizada, sendo um chefe presente, que interage, conhece sua equipe e se preocupa com ela. Só tome cuidado para não exagerar na informalidade e não perder a autoridade e o respeito.

Ser atento aos detalhes e manutenção dos valores e propósitos

O ideal é ser um líder não apenas de escritório, que realiza despachos, assina papéis e emite ordens. A melhor opção é estar presente também no dia a dia da sua empresa, acompanhando o desempenho das tarefas e etapas até ao final, por isto, um bom empresário, com foco no desenvolvimento de sua equipe deve permanecer atento ao dia a dia dos seus colaboradores.

VOCÊ VIU?  Aquisição de Empresas e Franquias – Cuidados Essenciais

Observar o desempenho, a forma como são realizadas as etapas de trabalho e encontrar não defeitos, mas sim formas de aprimorar o serviço e melhorar a qualidade de vida no trabalho da sua equipe, alinhando estes pontos aos principais valores e propósitos da empresa, contribui muito para o crescimento do negócio.

Solucione conflitos de forma amistosa e coerente

Nem tudo será um mar de rosas entre os membros da sua equipe. Haverá momentos sim em que surgirão conflitos, discussões e será preciso ter pulso firme para eliminar estes problemas. Quando estes momentos surgirem, mantenha a calma.

Sempre busque ouvir ambos os lados envolvidos no problema, faça-os se explicarem claramente para dar a chance de cada um expor seu ponto de vista e decida por soluções coerentes, equilibradas e compatíveis com os valores da empresa.

Quando não estiver diretamente envolvido na solução destes conflitos, delegue tarefas e empodere seus gerentes e líderes de equipe para que ajam desta forma, mantendo o equilíbrio e esfriando os ânimos, para que os problemas sejam solucionados rápida e pacificamente.

Controles Gerenciais e Administrativos

Você já deve ter se deparado com a expressão que diz “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”. Caso ainda não conheça esta expressão, saiba que esta frase, dita por William Edwards Deming, um renomado estatístico, professor universitário, conferencista e consultor norte-americano, é um dos melhores conselhos que você conhecerá nesta jornada de abertura de uma empresa.

Leve sempre este conselho consigo, em todas as etapas de desenvolvimento do negócio e especialmente no momento de realizar o controle e gerenciamento administrativo da sua empresa, pois, cumprir esta etapa de modo organizado e estruturado desde o início, ajudará sua empresa a conquistar resultados ainda mais promissores.

Por onde começar a controlar e gerenciar?

O ideal é iniciar da forma mais simples possível e ir aprimorando os métodos de controle de acordo com o crescimento e desenvolvimento do negócio. No início, os métodos mais completos e com sistemas complexos de controle, ao invés de ajudar, tendem a atrapalhar ainda mais sua organização e desenvolvimentos iniciais.

VOCÊ VIU?  Como fazer uma horta em casa ou quintal

Comece organizando planilhas de controle, para organizar e analisar com maior facilidade itens como a gestão financeira, gestão de folha de pagamentos, escalas de trabalhos dos funcionários e gestão de estoque.

Uma das áreas mais importantes e difíceis de se gerenciar no início é a área financeira. Se você não tem ideia de por onde começar, experimente os modelos de planilhas propostos pelo SEBRAE, que ajudam a controlar pontos importantes como:

  • Estoque – organizando o fluxo de entradas e saídas de produtos.
  • Controle diário de caixa – organizando o fluxo diário de entradas e saídas de capital
  • Fluxo de caixa – modelo de controle que ajuda na gestão de despesas e receitas gerais da empresa
  • Administração de Capital de giro – permitindo a administração e controle do capital da empresa

Para acessar modelos de planilhas sobre estes temas e outros importantes para a saúde administrativa e financeira da sua empresa, clique aqui e faça o download, diretamente no site do SEBRAE.

Quais os principais pontos a controlar?

As prioridades de controle podem variar de acordo com o foco do negócio, pois prestadores de serviços possuem necessidades distintas das apresentadas por uma empresa de produção industrial, por exemplo, no entanto, independente do modelo do seu negócio, para iniciar, alguns pontos fundamentais comuns entre os negócios são:

Registro de todas as receitas

Exemplo: vendas de produtos, mercadorias ou serviços

Registro de todos os custos e despesas

Exemplo: pagamento de impostos, fretes, comissões, funcionários, compra de matérias-primas, materiais de expediente etc.

Registro de todos os investimentos em infraestrutura e financeiros

Exemplo: compra de equipamentos, imóveis, investimentos em obras e construções, aplicações financeiras e etc.

Registro das ações de gestão de pessoal

Exemplo: histórico de contratações, demissões, reajustes salariais, controle de férias, dispensas médicas, etc

VOCÊ VIU?  Gestão e Rastreabilidade valorizam a sua marca

Controle de indicadores de metas e resultados

Controles estratégicos que incluam demostrativos de resultados, balanço patrimonial e fluxo de caixa, por exemplo.

Para evitar surpresas como falta ou excesso de estoque leia nosso guia de controle de estoque.

Controle de Estoque – Guia Completo

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *