Abrir Empresa

Plano de negócio e investimento para empresa, dicas infalíveis!

 

 

 

By  | 13/11/2017

Para garantir que a empresa continue se desenvolvendo e com sucesso, separamos maiores orientações, sobre como cuidar da abertura e lançamento da empresa, além das etapas burocráticas apresentadas até aqui.

A partir deste momento, será necessário focar no aprimoramento do planejamento e desenvolvimento das principais etapas e processos de gestão que compõe a rotina de uma empresa, que são:

  1. Administração
  2. Vendas
  3.  Jurídico
  4. Financeiro
  5. Marketing
  6. Recursos Humanos
  7. Tecnologia da Informação

A partir da próxima sequência, cofira dicas especiais sobre como aprimorar ou desenvolver suas habilidades,em cada uma destas competências, para manter o planejamento e a gestão completa dos seus negócios no rumo certo.

COMO OBTER SUCESSO EMPRESARIAL?

1.Cuidados na Administração

  1. Plano de Negócios
  2. Gestão de Pessoas
  3. Controles Gerenciais e Administrativos
  4. Planejamento de Estoques
  5. Gestão
  6. Sistemas de rotinas
  7. Sucesso Empresarial
  8. Planejamento Estratégico

O que é um plano de negócios?

Se você ainda nunca ouviu este termo ou já ouviu, mas não está completamente ambientado com ele, saiba que o Plano de Negócio é um documento fundamental para empreendedores que pretendem abrir o próprio negócio.

Ele é formado por um planejamento detalhado das principais etapas para formação do negócio, antes mesmo da abertura da empresa e serve para apresentar a empresa, suas principais características, objetivos, justificar sua solidez, além de ressaltar os planos para o futuro.

O plano de negócios e a captação de investimentos

O Plano de negócios também serve como um instrumento de planejamento e por isto, passou a ser uma exigência para momentos importantes como a captação de recursos junto a instituições e patrocinadores.

Plano de negócios como suporte para o empresário

Ele é um instrumento que além de servir como ferramenta de apresentação para terceiros, também é capaz de auxiliar o empresário, especialmente o novo empreendedor, em sua jornada de estruturação do negócio.

Com ele é possível diagnosticar a situação atual da empresa, traçar metas a médio e curso prazo, revisar ações estratégicas, estabelecer objetivos e metas, além de determinar o passo a passo das ações necessárias para alcançar todos estes fatores de forma sustentável e bem sucedida.

Como Plano de Negócio é formado?

Ele é constituído por um  roteiro operacional, financeiro e por definições estratégicas e serve como orientador para manter a conformidade das ações e avanços, conforme o que foi determinado em cada etapa do planejamento.

Principais objetivos do Plano de negócios

Entre os principais objetivos de elaboração deste modelo de plano estão:

 

  1. Apresentação do negócio
  2. Levantamento de informações
  3. Identificação de oportunidades de negócio
  4. Desenvolvimento de conceito de novos negócios
  5. Avaliação de riscos
  6. Identificação de potenciais de mercado
  7. Detalhamento do empreendimento para apresentação a investidores e parceiros
  8. Suporte na redução da taxa de mortalidade de empresas
VOCÊ VIU?  CNPJ - Inscrição de Primeiro Estabelecimento (Matriz)

Como montar um plano de negócios

A grande maioria dos pequenos e médios negócios fecham as portas antes dos 5 primeiros anos e entre as principais causas deste fracasso está a ausência de planejamento.

Para ajudar a afastar este risco, uma das soluções e se dedicando à construção de um  pessimismo de vez, o recomendado é investir na criação de um plano de negócios estruturado e profissional. Para começar a construir este plano é preciso:

Analisar o Mercado

É preciso coletar informações sobre o segmento, ramo, perfil do público e demais dados que ajudem a contextualizar e compreender as oportunidades e necessidades presentes no mercado de atuação.

Neste estudo mercadológico será possível localizar oportunidades e identificar vantagens competitivas que permitam o desenvolvimento de uma empresa madura e eficiente.

Estruturar as finanças

Determinando detalhadamente as informações financeiras mais importantes para o funcionamento da empresa, apresentando informações como o capital de giro, a gestão de caixa, os cálculos e dados de rentabilidade, o ponto de equilíbrio (payback), entre muitas outras informações fundamentais.

Organizar as operações

Além destas informações cruciais, também é preciso determinar como ocorrerá o funcionamento do fluxo de operações, deixando claras as  definições quanto a realização e controle dos processos internos, relacionados aos clientes e aos fornecedores.

Dicas de aplicativos para construir seu plano de negócios

Elevatr –  ele permite organizar dados, contatos e dicas para elaboração do plano de negócio.

Enloop – facilita a geração de um planejamento competitivo e ainda simplifica a missão para novos empreendedores pois possui gráficos e recursos visuais atraentes.

Business Plan – disponível para iphone, não apenas ajuda na montagem do plano, como também ajuda na divulgação para ajudar a captar investidores.

Software Plano de Negócios Sebrae – permite a construção do planejamento, a exportação dos dados em PDF e a construção de até 5 planejamentos por CPF.

Captação de investimentos

Além do planejamento, dedicação e inúmeras outras etapas que antecedem a abertura de uma empresa, outra preocupação na mente dos novos empresários, especialmente em tempos de crise como a enfrentada pelo país atualmente, inclui a parte financeira.

VOCÊ VIU?  Como abrir uma empresa do Zero

Muitos empreendedores com ótimas ideias, mas com poucos recursos, engavetam suas ideias por acreditar que a realização do sonho demorará muito. Apesar desta limitação de recursos ser realmente um dificultados, saiba que ela não é um empecilho definitivo.

Além do capital próprio, há inúmeras outras formas de captação de recursos que podem ajudar a tirar empresas do papel. Se você está em busca de alternativas que ajudem a tornar seu sonho realidade, conheça a seguir algumas das opções com as quais poderá contar.

Financiamento de amigos ou familiares

Uma das formas mais conhecidas é recorrer a empréstimos junto a familiares e amigos, uma possibilidade que permite a tomada de dinheiro sem a aplicação de juros, mas ao mesmo tempo pode trazer prejuízos no relacionamento entre as partes envolvidas.

Uma das formas de minimizar estes impactos no relacionamento é optando por firmar um contrato determinando informações claras sobre o valor emprestado e especialmente o prazo e as formas de pagamento.

Empréstimos junto a instituições financeiras

Certamente você também já conhece esta opção, até mesmo porque ela é uma das mais solicitadas pelas empresas. Apesar de ser uma das soluções mais simples, é preciso tomar muito cuidado com sua escolha, porque ela inclui muitas vezes taxas se juros altas e no caso de atrasos pode se tornar em dívidas muito maiores.

Para minimizar riscos, caso não haja outra opção, analise o impacto destas prestações em seu orçamento e nunca comprometa mais de 30% de seus rendimentos mensais para pagar empréstimos.

Programas de apoio ao desenvolvimento

Uma modalidade de crédito voltada especialmente para empresas são os programas de apoio ao desenvolvimento, como as linhas de crédito oferecidas pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento).

Outro programa de apoio ao desenvolvimento específico para empresas é o programa oferecido pelo FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos). Ambos se destacam por apresentar juros bem mais baixos.

Financiamento colaborativo

Esta alternativa de captação de recursos pode ser mais atrativa especialmente para empresas com negócios inovadores e criativos. Para ter acesso a ela é possível utilizar plataformas específicas que ajudam na divulgação do projeto e na captação de doações. Algumas opções disponíveis são:

  • Catarse
  • Idea.me
  • Captaqui
  • Crowdfunder
VOCÊ VIU?  Aquisição de Empresas e Franquias – Cuidados Essenciais

Incubadoras e aceleradoras de empresas

Encubadoras e aceleradoras são geralmente modelos de empresas que contribuem com serviços como monitoria e suporte para novos negócios. Com a opção de serem ligadas a instituições públicas ou privadas, elas facilitam o desenvolvimento e o contato com potenciais investidores, ajudando a viabilizar a existência de muitos negócios.

Sócio investidor

Sua empresa também pode contar com a ajuda de um sócio investidor para sair do papel, mas para isso, será preciso ceder um percentual do negócio para este novo sócio.

Quanto ao formato da sociedade, geralmente podem ser adotados dois padrões distintos: um no qual o investidor aplica recursos esperando retorno financeiro e o segundo onde ele também opta por participar da gestão da empresa.

Um detalhe fundamental: é importante saber que seja qual for sua modalidade de captação de recursos escolhida, para conquistar a confiança de qualquer um destes investidores, é preciso possuir um plano de negócios bem estruturado e consistente, para apresentar a eles e fechar negócio.

Um fator importante para a empresa ter sucesso e a forma de como lidar com as pessoas, por isso não deixe de ler leia nosso guia sobre Gestão de Pessoas.

Gestão de Pessoas – Guia Completo

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *