Conecte-se conosco

Cargos e salários

Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série – O que faz, Salário, Formação, CBO

Veja o que faz, quanto ganha um Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série, onde estão as melhores vagas de emprego para professor de ensino fundamental, informações completas do Ministério do Trabalho e Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas – Fipe – Usp com a participação de empresas e profissionais do setor de educação e Recursos Humanos.

SEJA NOSSO REVENDEDOR E GANHE ATÉ R$ 27 mil MÊS
Chegou ao Brasil o Roteador inteligente que paga entre R$ 0,18 a 2,00 por cada pessoa que acessar sua internet wi-fi (alcance 50 mts), excelente para empresas, condomínios, residências e locais de grande fluxo. Um estabelecimento que recebe em média mil pessoas por dia pode ganhar até R$ 60 Mil mensais só compartilhando a internet. Trabalho a partir de Casa : FAÇA SEU CADASTRO NA WIBOX

A seguir, as informações sobre Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série:

  • Quanto ganha;
  • Jornada de trabalho;
  • Piso salarial;
  • Salário médio;
  • Maior salário;
  • Salário hora;
  • Código da Profissão;
  • Atribuições / descrição do cargo;
  • Formação e experiência;
  • Condições gerais para exercício do cargo;
  • Descrição das atividades;
  • Recursos para exercício do cargo;
  • Cargos relacionados;
  • Participaram da pesquisa;
  • Instituições.

Quanto ganha um Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série

  • Jornada de trabalho: 31h
  • Piso salarial: R$1.308,03
  • Salário médio: R$1.842,30
  • Maior salário: R$2.784,13
  • Salário hora: R$12,01
  • Código da Profissão: CBO 2312

Atribuições do cargo de Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série

Ministram aulas (comunicação e expressão, integração social e iniciação às ciências) nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Preparam aulas; efetuam registros burocráticos e pedagógicos; participam na elaboração do projeto pedagógico; planejam o curso de acordo com as diretrizes educacionais. Atuam em reuniões administrativas e pedagógicas; organizam eventos e atividades sociais, culturais e pedagógicas. Para o desenvolvimento das atividades utilizam constantemente capacidades de comunicação.

Formação e experiência Professor de nível superior do ensino fundamental 1ª a 4ª série

O exercício dessas ocupações requer escolaridade de nível superior na área específica de educação e concurso público, no caso da rede pública.

CONDIÇÕES GERAIS PARA O EXERCÍCIO DO CARGO

Desenvolvem trabalho junto a crianças, adolescentes e adultos, em comunidades com contextos culturais e sociais diversificados, em escolas e instituições de ensino das redes federal, estadual, municipal e privada,ONGs etc., como estatutários ou empregados com carteira assinada. Trabalham de forma individual e em equipes, sob supervisão, predominantemente em zonas urbanas, tanto em espaços especialmente destinados ao ensino, como em ambientes improvisados, em horários regulares e variáveis. Em algumas atividades, alguns profissionais podem estar sujeitos a condições especiais de trabalho, como permanência em posições desconfortáveis por períodos prolongados, exposição a ruídos e ao desgaste proveniente do uso intensivo da voz.

Código internacional CIUO88
2332 – Maestros de nivel superior de la enseñanza preescolar
2359 – Otros profesionales de la enseñanza, no clasificados bajo otros epígrafes

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

MINISTRAR AULAS

1 – Relacionar conteúdos às diversidades pessoais e regionais dos alunos;
2 – Orientar o aluno no processo de construção da leitura e da escrita;
3 – Orientar o aluno no processo de construção de conceitos de ciências naturais;
4 – Orientar o aluno no processo de construção das noções de tempo e espaço;
5 – Orientar o aluno em atividades artísticas e corporais;
6 – Iniciar o aluno no processo de codificação e simbolização;
7 – Orientar o aluno no processo de construção de conceitos matemáticos;
8 – Orientar o aluno para atitudes de convívio social;
9 – Convencionar regras de convivência;
10 – Propor situações-problema aos alunos;
11 – Propor atividades de comunicação oral ao aluno;
12 – Empregar atividades de recuperação paralela;
13 – Discutir o conteúdo científico com os alunos;
14 – Adaptar conteúdos para séries diferentes da mesma classe (classes multisseriadas);
15 – Propor atividades visando a prevenção do uso das drogas e de doenças sexualmente transmissíveis (DST);
16 – Trabalhar conceitos de família e cidadania;
17 – Propor trabalhos e atividades;
18 – Trabalhar conteúdos de acordo com os problemas sociais dos alunos;
19 – Discutir conceitos de religiosidade;
20 – Monitorar trabalhos em grupo;
21 – Relacionar os conteúdos aos temas transversais;
22 – Expor os trabalhos dos alunos durante a aula;
23 – Propor atividades diversas baseadas no mesmo tema;

Leia  Almoxarifes e Armazenistas tabela salários CBO 4141

PREPARAR AULAS

1 – Definir metodologias de ensino;
2 – Criar atividades de acordo com o conteúdo e objetivos;
3 – Determinar objetivo da aula;
4 – Selecionar material didático;
5 – Criar material didático;
6 – Pesquisar material didático e paradidático;
7 – Analisar material didático e paradidático;
8 – Produzir material didático;
9 – Criar atividade paralela de reforço;
10 – Revisar conteúdos;
11 – Listar fontes de pesquisa para o aluno;
12 – Explorar conteúdo de acordo com a maturidade e diversidade da turma;

EFETUAR REGISTROS BUROCRÁTICOS PEDAGÓGICOS

1 – Preencher fichas descritivas;
2 – Registrar conteúdos e atividades ministrados;
3 – Anotar ocorrências anômalas;
4 – Redigir relatório sobre alunos com problemas;
5 – Registrar frequência dos alunos;
6 – Registrar aulas previstas e dadas;
7 – Registrar os resultados do processo ensino-aprendizagem;
8 – Registrar conceitos e notas dos alunos;
9 – Relatar evasão escolar;

PARTICIPAR NA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO

1 – Sugerir objetivos gerais e específicos;
2 – Opinar sobre propostas pedagógicas;
3 – Sugerir metodologias de ensino;
4 – Definir estratégias de ensino;
5 – Definir temas transversais e interdisciplinares;
6 – Caracterizar a demanda qualitativa e quantitativa dos alunos;
7 – Sugerir formas para qualificação do docente;
8 – Amoldar o projeto pedagógico ao espaço físico e vice-versa;
9 – Sugerir projetos para a comunidade escolar;
10 – Integrar propostas pedagógicas pessoais ao projeto da escola;

PLANEJAR O CURSO DE ACORDO COM AS DIRETRIZES EDUCACIONAIS

1 – Estabelecer objetivos gerais e específicos do curso;
2 – Ajustar o projeto pedagógico ao tipo de aluno;
3 – Ajustar planejamento à classe;
4 – Estabelecer conteúdos mínimos por série;
5 – Planejar as atividades periódicas da área;
6 – Estabelecer cronograma de atividades;
7 – Estabelecer estratégicas de recuperação do aluno;

AVALIAR OS ALUNOS

1 – Acompanhar trabalho diário do aluno;
2 – Levantar o perfil cognitivo e social dos alunos;
3 – Acompanhar as etapas do desenvolvimento cognitivo e social do aluno;
4 – Fixar objetivos de avaliação;
5 – Corrigir trabalhos dos alunos;
6 – Aplicar instrumentos diversos de avaliação;
7 – Avaliar o aproveitamento dos alunos nos eventos;
8 – Atribuir conceitos/notas ao desenvolvimento do aluno;
9 – Refletir sobre os aspectos qualitativos e quantitativos das avaliações;
10 – Acompanhar reuniões de conselho de classe e série;
11 – Aplicar instrumentos de auto-avaliação do aluno;
12 – Definir critérios de avaliação;
13 – Estabelecer estratégias de avaliação;
14 – Acompanhar as etapas do desenvolvimento perceptivo-motor do aluno;

Leia  Instrutor de ensino profissional - O que faz, Salário, Formação, CBO

ATUAR EM REUNIÕES ADMINISTRATIVAS E PEDAGÓGICAS

1 – Escolher temas para reuniões;
2 – Programar pauta das reuniões;
3 – Atuar em reuniões periódicas de planejamento;
4 – Atuar em assembleias escolares e conselhos de escola;
5 – Atuar em reuniões de pais;
6 – Atuar em reuniões de professores;

ORGANIZAR EVENTOS E ATIVIDADES SOCIAIS, CULTURAIS E PEDAGÓGICAS

1 – Organizar visitas a espaços culturais;
2 – Instruir os alunos para participar dos eventos;
3 – Traçar os objetivos dos eventos;
4 – Preparar roteiro de observação para os alunos;
5 – Formar grupos para atuação nos eventos;
6 – Preparar instrumentos para registro do evento;
7 – Solicitar autorização da direção da escola para realização do evento;
8 – Organizar palestras;
9 – Solicitar autorização dos pais para participação dos alunos nos eventos;
10 – Preparar o cronograma dos eventos;

COMUNICAR-SE

1 – Conversar com os pais dos alunos;
2 – Interagir com a comunidade escolar;
3 – Dialogar com os alunos;
4 – Comunicar-se com diferentes faixas etárias;
5 – Contatar instituições para viabilização de atividades;
6 – Apresentar relatórios às autoridades competentes;
7 – Divulgar os eventos da escola;
8 – Divulgar a produção da escola na comunidade;
9 – Divulgar os trabalhos dos alunos;
10 – Expressar-se em vários níveis de linguagem;
11 – Notificar os pais sobre a situação dos alunos;
12 – Trocar experiências com os pares e especialistas;

DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS

1 – Manter vínculos afetivos com os alunos;
2 – Dominar a modalidade escrita da língua;
3 – Proceder com clareza;
4 – Proceder com criatividade;
5 – Consultar legislação educacional;
6 – Apresentar capacidade de trabalho em equipe;
7 – Proceder com ética e moral;
8 – Exercer autoridade com critério;
9 – Atualizar-se;

RECURSOS PARA EXERCÍCIO DO CARGO

  1. Transparência;
  2. Sulfite;
  3. Aquário vivo;
  4. Visitas (museus, teatros, cinema, música etc.);
  5. Ábaco (ou soroban);
  6. Dicionário;
  7. Retroprojetor;
  8. Esquadro, compasso;
  9. Bolas;
  10. Boletins informativos;
  11. Sala;
  12. Jogos diversos (regras e socialização);
  13. Bambolês;
  14. Computador para uso do professor;
  15. Balanças;
  16. Canetas, lápis, lápis de cor, giz de cera, régua;
  17. Fita adesiva, fita crepe;
  18. Atividades fotocopiadas ou mimeografadas;
  19. Lousa;
  20. Murais nos corredores, na classe;
  21. Caixas e embalagens diversas;
  22. Biblioteca geral;
  23. Papel hectográfico;
  24. Softwares educativos (laboratório de informática);
  25. Multimídia (telão);
  26. Material natural (folhas, flores etc.);
  27. Bula;
  28. Laboratório de ciências, microscópio;
  29. Materiais de artes plásticas (massa, argila etc.);
  30. Livros didáticos e paradidáticos;
  31. CD e fitas de música (rádio), VHS e cassete;
  32. Bastões;
  33. Biblioteca de classe – livros paradidáticos;
  34. Materiais de escritório;
  35. Cartolina, papel crepon, papel colorido, papel;
  36. Projetor de slides;
  37. Horta (ciência);
  38. Parque;
  39. Giz;
  40. Mesa;
  41. Cola e tesoura;
  42. Cadeiras;
  43. Jogos recreativos didáticos;
  44. Carteiras;
  45. Filmadora;
  46. Material de madeira;
  47. Mimeográfo;
  48. Fotocopiadora;
  49. Internet e intranet;
  50. Revistas, jornais e encartes de publicação;
  51. Material emborrachado;
  52. Instrumentos musicais (percussão, teclado, violão);
  53. Material de sucata;
  54. Palitos de madeira;
  55. TV, vídeo;
  56. Corda;
  57. Mapas, globo;
  58. Cadernos, cadernos pautados;
  59. Calculadora;
  60. Fogão, espiriteira;
  61. Materiais didáticos (material dourado, cusiner);
  62. Trena , metro;
  63. Microfones;
  64. Pastas diversas;
  65. Obras de arte, pinturas;
  66. Tatame;
Leia  Tabela Salarial, Piso Salarial, Salário Mínimo - Parte 34

CARGOS RELACIONADOS

  1. Professor da educação de jovens e adultos do ensino fundamental (primeira a quarta série) – Professor de suplência do ensino fundamental (primeira a quarta série);
  2. Professor de nível superior do ensino fundamental (primeira a quarta série) – Professor das séries iniciais, Professor dos ciclos iniciais (ensino fundamental);

PARTICIPARAM DA PESQUISA

  • Adriane Santarosa;
  • Aparecida Das Dores Antunes;
  • Claudia Baungarten;
  • Gisela Raineri Martin Barbosa;
  • Helena Nogueira Whyte;
  • João Joaquim Da Silva;
  • João Piaui Oliveira;
  • Lecione Pereira Pinto;
  • Maria Aparecida Soares Da Silveira;
  • Maria Francisca Teresa Quagliato;
  • Priscila De Oliveira Casimiro;
  • Roselene Dos Anjos;
  • Sandra Cristina De Carvalho Dedeschi;
  • Silvia Anete Antunes;
  • Sonia Aparecida Cruz De Castro;
  • Sueli Teresinha Mateus Rodrigues;
  • Tereza Jacinta Constantino Cavalcanti;

INSTITUIÇÕES

  • Colégio Rio Branco (Campinas);
  • Colégio Salesiano Dom Bosco;
  • Diretoria De R. Ensino De Capivari;
  • Escola Estadual Enéas Marques Dos Santos (Curitiba);
  • Escola Estadual Gabriela Maria Elisabeth Wiemkon (Osasco-sp);
  • Escola Estadual Governador Juscelino, Capinópolis (Mg);
  • Escola Estadual Professora Neli Helena Assis De Andrade (Campinas);
  • Escola Estadual Rural Chácara Aparecida;
  • Escola Municipal De Educação Infantil E Fundamental Remanso Campineiro;
  • Escola Municipal Dolores Alcaraz Caldas (Porto Alegre);
  • Fundação Professor Dr. Manoel P. Pimentel (Funap);
  • Mova Santo André – Pref. Municipal De Santo André;
  • Núcleo De Tecnologia Educacional Da Prefeitura Municipal De Campinas (Nte);
  • Prefeitura Cidade Do Recife – Secretaria De Educação;
  • Prefeitura Municipal De Campinas – Emf;
  • Prefeitura Municipal De Santo André;
  • Sindicato Dos Professores De Campinas;

Instituição Conveniada Responsável

Fundação de Desenvolvimento da Unicamp – Funcamp

Fonte: Ministério do Trabalho

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda Wibox

Posts Recentes

Ganhar dinheiro com Blog Ganhar dinheiro com Blog
Dinheiro6 meses ago

Como ganhar dinheiro com blog

Nos dias de hoje, ganhar dinheiro com blog, trabalhando unicamente no conforto de sua residência pode se tornar uma realidade....

Dinheiro Extra Dinheiro Extra
Dinheiro6 meses ago

Dinheiro Extra

Na hora de organizar as finanças, sabemos que qualquer adicional no final do mês já é capaz de fazer uma...

Dinheiro6 meses ago

Finanças Pessoais

Finanças pessoais para muitos, tornou-se sinônimo de pesadelo. A boa notícia é que não há nenhum segredo oculto para administrar essa...

Crédito Pessoal Crédito Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Crédito Pessoal

O crédito pessoal nada mais é do que um empréstimo realizado para pessoas físicas. Diversas empresas e instituições bancárias oferecem...

Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal Online

O surgimento de muitas empresas de crédito propiciaram vantagens ao trabalhador endividado. Uma delas é o empréstimo pessoal, que o...

Gerenciador Financeiro Gerenciador Financeiro
Dinheiro6 meses ago

Gerenciador Financeiro

Controlar com cuidado o próprio dinheiro é a melhor forma de saber onde os gastos estão indo, como melhorar e...

Dinheiro6 meses ago

Simulador de Financiamento

Simular um financiamento é a melhor forma de saber o quanto você terá que pagar em cada parcela, estabelecer a...

Empréstimo Pessoal Empréstimo Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal sempre é uma solução buscada em momentos de grande sufoco e apesar de ser uma alternativa muito...

Dinheiro6 meses ago

Como Juntar Dinheiro

Muitas vezes nossos sonhos demandam de certa quantia de dinheiro para serem realizados. No entanto, juntar esse valor parece ser...

O que fazer para Ganhar Dinheiro O que fazer para Ganhar Dinheiro
Dinheiro6 meses ago

O que fazer para Ganhar Dinheiro

Nem sempre a renda fixa do trabalho é o suficiente para alcançar objetivos financeiros. Por isso, muitas pessoas buscam uma...

Propaganda Wibox

Tendências