Empreendedorismo

Empreendedor Individual

 

 

 

By  | 11/12/2017

O Empreendedor Individual representa uma papel fundamental na economia brasileira, isso se deve ao fato de sermos um povo criativo por natureza e que já enfrentou inúmeras crises.

 

O Brasil sempre esteve entre os primeiros países no ranking do empreendedorismo e segundo pesquisas realizadas em 2015 passou a liderar o ranking com taxa de empreendedorismo 8% maior que a China, segundo colocado. Isso quer dizer que três me cada 10 brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação e um negócio próprio. Os dados são da nova pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM),  fruto da parceria entre a London Business School e o Babson College que tem como parceiras no Brasil o Sebrae e o  Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP).

 

Empreender é bom para a economia, pois mantém o mercado sempre aquecido, e é bom para a sociedade, já que a movimentação de economias locais propicia o desenvolvimento da mesma. E recentemente um tipo de empreendedorismo tem ganhado cada vez mais força no cenário brasileiro: o empreendedor individual. Na sequência, vamos conhecer aspectos mais específicos deste tipo de empreendedorismo.

 

Quem pode ser empreendedor individual

 

Quem pode ser empreendedor individual

 

De acordo com a Lei, qualquer pessoa maior de 16 anos, que tenha suas capacidades cognitivas completas, que não seja estrangeiro sem visto permanente, que não seja militar da ativa, e que não mantenha altos cargos políticos no poder executivo (nas três esferas do poder), legislativo e em instituições públicas pode ser pode ser empreendedor individual.

 

É interessante destacar que a lei também veda empresários falidos, médicos para exercício da farmácia e farmacêuticos para o exercício da medicina.

 

Empreendedor individual declaração anual

 

VOCÊ VIU?  Como montar empresa de Esportes Aquáticos

Apesar de muitas pessoas acharem que não, o empreendedor individual também deve fazer a declaração do imposto de renda para se manter sempre em dia com a Receita Federal. No entanto, o processo para a declaração anual é diferente do de pessoas físicas e empresas, chamado de Simples Nacional.

 

Essa declaração, conhecida como Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN – SIMEI), deve ser feita todo o ano através do site governamental “Portal do Empreendedor“. Pode ser feita desde o início de janeiro e seu prazo final é 31 de maio. Uma dica para não se atrapalhar durante a declaração anual é realizar mensalmente o cálculo da receita e guardar todas as notas. Lembre-se que a declaração inclui contratação de funcionários, receita com indústria, serviços intermunicipais e comércio, além da receita bruta total.

 

Empreendedor individual Sebrae

 

Empreendedor individual Sebrae

 

A atividade de ter um negócio próprio é extremamente difícil, ainda mais para um empreendedor individual, que geralmente conta com poucos recursos humanos e financeiros. Para auxiliar na empreita, existe o Sebrae. O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas) é um serviço governamental e gratuito voltado exclusivamente aos MEIs, micro e pequenas empresas, através de consultorias e cursos técnicos (muitos deles realizados à distância, via internet).

 

Com a expertise dos profissionais do Sebrae, é possível traçar um planos de negócio com bases sólidas, tendo em vista tanto o estado em que o ramo de atuação do empreendedor está quanto o seu público-alvo (clientes em potencial).

VOCÊ VIU?  PEGN

 

Empréstimo para empreendedor individual

 

Para estimular a criação, desenvolvimento ou expansão do negócio, o empreendedor individual conta com uma linha de crédito exclusiva: o microcrédito.

 

Esta modalidade de crédito possui algumas características específicas, como:

 

– Ausência da necessidade de garantias;
– Maior rapidez e agilidade na concessão;
– Taxas atrativas.

 

No entanto, ele somente é concedido na modalidade assistida. Isso significa que depois de feita a solicitação do microcrédito – as instituições financeiras que oferecem crédito nesta modalidade podem ser encontradas no site do BNDES -, profissionais do crédito vão até o local de execução de atividades para realizar avaliação e prestar esclarecimentos ao empreendedor. Geralmente, este crédito é utilizado para investimentos produtivos fixos ou como capital de giro.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *