Franquias

Como abrir uma franquia! Passo a Passo

 

 

 

By  | 11/11/2017

Desejo de empreender, vontade de ter um negócio próprio, querer ser o próprio chefe ou realizar o sonho de deixar um legado para a família. Por esse e por outros motivos cada vez mais brasileiros estão apostando em franquias. Mas será que a franquia serve para todo mundo? Como abrir uma franquia? Descubra agora tudo o que você precisa saber sobre o segmento de franchising.

como abrir uma franquia

Números do setor

Antes de pensar em como abrir uma franquia, é preciso primeiro definir esse segmento. Franquia (também chamada pela sua versão em inglês, “franchising”) é um sistema no qual um empresário compra de uma empresa o direito de usar sua marca e seus produtos.

Além disso, o comprador recebe um treinamento para operar os equipamentos e para vender mais. Abrir uma franquia exige tempo e dinheiro, afinal é um investimento de longo prazo e que exige muita dedicação. Por isso é importante fazer uma pesquisa sobre como anda o mercado antes de pensar em como abrir uma franquia.

Confira alguns números do setor:

  • Crescimento de 8% ao ano, em média
  • Mais de 140 mil unidades franqueadas em todo o Brasil (e esse número cresce cerca de 4% ao ano)
  • Mais de 3 mil franqueadores no mercado
  • Mais de um milhão de pessoas trabalham em franquias
  • 5% das redes que atuam no Brasil são estrangeiras.

O Brasil é o 4º maior país do mundo em número de franqueadores, atrás apenas da China, Coreia do Sul e EUA. Já no ranking de unidades franqueadas, cai para a 6ª posição (somos ultrapassados pelo Japão e pelas Filipinas).

Distribuição por estado e região

Mais da metade das pessoas que descobriram como abrir uma franquia estão em São Paulo. Em segundo lugar, muito atrás, está o Rio de Janeiro (com 10% das franquias). Completa o ranking dos estados mais importantes o Paraná. Já os franqueadores estão quase totalmente concentrados na região Sudeste.

Mais de 40% dos municípios brasileiros contam com uma franquia. O mercado brasileiro é bastante profissional. Prova disso é que mais de 100 redes de franquias brasileiras atuam no exterior. Elas existem em cerca de 80 países.

Por outro lado, pouco mais de 3% dos franqueadores atuam fora do Brasil, o que mostra tanto a dificuldade de internacionalização do empresário brasileiro quanto uma oportunidade de crescimento ainda não explorada.

Os ramos de maior sucesso fora do País são moda, alimentação e o segmento “saúde, beleza e bem estar”. Por outro lado, “entretenimento e lazer” é o ramo menos explorado. O país que mais tem franquias brasileiras é o EUA, seguido de Paraguai e Portugal.

VOCÊ VIU?  Franquia Subway

Um mercado que cresce 8% ao ano não pode ser jamais descartado. Por isso investir em franquia certamente é um bom negócio. Isso não significa, entretanto, que não haja riscos. Nos auge da crise financeira brasileira, por exemplo, cerca de 1% das franqueadoras fecharam as portas.

Conheça agora as vantagens e desvantagens de abrir uma franquia.

Vantagens de abrir uma franquia

Vantagens em abrir uma Franquia

  • Marca conhecida

O momento mais difícil de qualquer empreendimento é o primeiro ano de vida. Nessa etapa a empresa é pouco conhecida e tem de fazer maior esforço para sobreviver.

A franquia elimina esse obstáculo. Empresas franqueadoras costumam já ter uma marca bem estabelecida e um modelo de negócio eficiente. A inexperiência do empreendedor pode ser compensada pela experiência da franqueadora.

  • Maior chance de sucesso

O franqueado recebe orientação e treinamento do franqueador, uma marca consolidada e um modelo de negócio testado por anos. Tudo isso diminui as chances de insucesso.

  • Planejamento

Embora o franqueado precise fazer sua própria pesquisa de viabilidade financeira, ele já conta com a pesquisa feita pelo franqueador. As redes adotam metodologias para aprovar ou recusar um pedido de franquia. Se seu pedido foi aprovado, então é porque o negócio é viável.

  • Economia

Utilizando-se de economia de escala as franqueadoras obtém equipamentos com custos menores do que aquelas em vendas únicas. Além disso, os projetos arquitetônicos das lojas são similares, diminuindo custos com a construção do espaço.

  • Marketing

Ao adotar uma franquia o empresário não precisa se preocupar com ações de propaganda e marketing, que são realizadas pelas franqueadoras em todo o Brasil.

  • Pesquisa e desenvolvimento

A pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos é responsabilidade da franqueadora, que entrega ao mercado apenas aqueles itens com boa aceitação.

Desvantagem de abrir uma franquia

  • Pouca independência

Os franqueados não são donos da marca e precisam cumprir as determinações impostas pela franquia. Pode ser frustrante para quem deseja tomar todas as decisões sozinho. É como ser dono do próprio negócio mas funcionário ao mesmo tempo.

Como escolher a franquia certa

Franquia certa, saiba escolher

Antes de contratar uma franquia o empresário deve tomar alguns cuidados. Confira e saiba como abrir uma franquia ideal para você:

  • Custos

Existem franquias de todos os valores possíveis, desde aquelas que exigem investimentos de menos de R$ 25 mil até outras com investimentos de mais de um milhão de reais.

VOCÊ VIU?  Franquias

Assim, antes de contratar uma franquia analise quanto você pode pagar. Os custos envolvem itens como royalties (valor pago periodicamente em troca do retorno de uso da marca), taxa de propaganda, aluguel de espaço, força de trabalho, energia e muitas outras.

Pergunte à franqueadora em quanto tempo acontece o retorno do investimento, ou seja, em quanto tempo o dinheiro gasto irá retornar para o investidor.

Peça à franqueadora o plano de negócios e analise-o para ver se os dados são reais. Solicite ainda os dois últimos balanços financeiros da rede (já imaginou se você investe tanto e a franqueadora quebra?) e certidões negativas federal, estadual e municipal.

Converse com fornecedores e outros franqueados, para saber se existe problemas na relação. Use a internet também para avaliar a imagem da empresa.

  • Produtos

Ser dono do próprio negócio vai exigir de você uma dedicação muito maior do que quando você era funcionário. Para não correr o risco de gastar suas economias em algo que você odeie, escolha franquias que tenham a ver com sua personalidade.

Se você gosta de gastronomia, opte pelo ramo de alimentação, por exemplo. Mas, qualquer que seja a área escolhida, lembre-se: em todas elas você precisará atuar na parte administrativa do negócio.

  • Sistema

Esse é um dos itens mais importantes. Antes de fechar o negócio obtenha todas as informações possíveis sobre como funciona o sistema do franqueador.

Evite franquias com tempo mínimo de contrato menor que o tempo de retorno do investimento. Exija que você e sua equipe recebam treinamentos sobre tudo o que for relativo à operação da loja.

Cheque de que forma a franqueadora presta assistência ao franqueado em caso de urgências ou imprevistos.

  • Localização

A escolha do ponto pode definir se o seu negócio será um sucesso ou um fracasso. Por isso, peça para o franqueador fazer a análise da localização com você. Ele sabe melhor do que ninguém o que funciona ou não funciona para o produto a ser vendido.

Lojas de rua costumam ser mais baratas que lojas em shoppings centers. Escolha um local de grande circulação do seu público-alvo. Se você pretende vender produtos de alto valor, sua loja precisa estar em zona nobre. Se são produtos de baixo valor, opte por áreas de comércio de rua popular.

VOCÊ VIU?  Associação Brasileira de Franquias ABF

O problema das lojas de rua são a insegurança (que pode até mesmo afastar clientes), a concorrência (inclusive com ambulantes) e problemas com estacionamento.

De qualquer maneira, se possível opte por lojas de esquina. Elas têm mais visibilidade e, por isso, recebem mais clientes.

Caso opte pelo shopping, prepare-se para pagar altos valores pelo aluguel e pelo condomínio. Por outro lado, grandes shopping têm grande circulação de pessoas, segurança privada e são mais confortáveis que o comércio de rua.

Como abrir uma franquia

Com todas as informações em mãos, chegou a hora da contratação. O candidato a franqueado precisa passar por um “processo seletivo” antes de concluir a contratação da franquia. Confira o passo a passo:

  1. Preencher o cadastro no site da franqueadora
  2. Reunião de apresentação (pode acontecer na sede da franqueadora ou na cidade do franqueado)
  3. Test drive (o candidato passa alguns dias em uma das lojas da rede para conhecer o sistema de trabalho)
  4. Reunião final para fechamento do contrato.

Está pronto para ser dono do próprio negócio? Agora você já sabe como abrir uma franquia. Escolha a ideal para você e se torne um empresário de sucesso. Compartilhe esse artigo nas redes sociais e mostre que você já está se capacitando.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *