Ideias de Negócios

Como criar Gado em Confinamento

 

 

 

By  | 23/06/2018

Ganhe muito dinheiro criando Gado. Veja aqui como criar Gado em Confinamento com pouco dinheiro e sem cometer erros, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, captação de cliente, financiamento, mão de obra especializada, atendimento e muito mais…

FICHA TÉCNICA
Setor da Economia: Agroindústria.
Tipo de Negócio: Pecuária.
Ramo de Atividade: Criação de Gado Bovino em Confinamento.

Mercado de gado bovino em confinamento

Na época seca o pasto perde produtividade e o gado perde peso, para evitar esse prejuízo, uma maneira segura de terminar os animais é o confinamento. O confinamento consiste no aprisionamento do animal,  visando otimizar os espaços físicos com também o aumento da produção.
Saber quando confinar é importante. Poderá ser na entressafra, quando os pastos estão secos e com baixa produtividade, ou durante o ano inteiro.

No Brasil a prática cresce ano após ano. A tendência de elevação  desse número associado à adoção de técnicas de melhoria de produtividade, como por exemplo, sistemas de manejo de pasto nas águas.

Estrutura

A estrutura básica deve contar com:
– Terrenos ligeiramente inclinados , para facilitar o escoamento das águas;
– Fornecimento facilitado de luz elétrica e água;
– Galpões para a estocagem das ferramentas (motores, picadeiras, etc) e dos produtos básicos necessários;
– Currais e etc.

Equipamentos

Os equipamentos podem ser divididos em duas categorias, os equipamentos de uso e apoio na criação (cochos, picadeiras, máquinas, ferramentas em geral, etc.), e os equipamentos do administrativo (móveis e utensílios do escritório, computadores, fax, telefones e etc.).

Mão de obra

Deve ser treinada, incluindo visitas a outros confinamentos com o objetivo de transmitir informações inerentes ao confinamento . Saber reconhecer todas as etapas do processo trará aos empregados mais segurança e respeito ao trabalho de cada um.
Quanto ao número de funcionários, irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento.

Localização dos currais

É importante evitar construir currais perto de residência ou sede, para que não haja interferência do movimento doméstico no ambiente do confinamento. A idéia é poupar ao máximo ambas as partes: o gado do barulho da movimentação de pessoas e o homem de um ambiente onde o mau cheiro é forte, existem moscas, poeira, etc.
Também está comprovado que a circulação de veículos e pessoas sem a devida higienização prévia traz doenças muitas vezes transportados por aqueles que visitaram alguma propriedade contaminada.

Coxos

Coxos de concreto pré moldado têm sido muito usados, já que, apresentam uma boa durabilidade e manutenção satisfatórias. Entretanto também são utilizados coxos simples feitos de latão cortado ao meio ou mesmo de madeira, apresentam como vantagem o baixo custo.

Fatores que devem ser considerados no processo de implantação do confinamento

São muitos os fatores a serem considerados antes da implantação de um projeto de confinamento de bovinos em uma determinada região, que são:

  • A população humana: é necessário que exista mão de obra suficiente para trabalhar na atividade;
  • Disponibilidade de animais na região: se o confinamento não for realizado com animais da própria fazenda, as compras serão realizadas na região, dessa forma, será necessária grande quantidade de animais disponíveis a um preço de mercado acessível;
  • Avaliar qual o sistema de produção predominante: não adianta fazer confinamento em uma região onde o sistema de produção predominante é a cria. Não haverá, dessa forma, disponibilidade de novilhos magros para a engorda;
  • Considerar os índices pluviométricos: regiões onde há grande quantidade de chuvas durante o ano não são adequadas para o confinamento. Da mesma forma, deve-se considerar também outros pontos que podem prejudicar o confinamento como o excesso de ventos, a topografia inadequada ou o solo. O clima geral da região deve ser também avaliado para evitarmos futuros problemas;
  • Disponibilidade de grãos e resíduos (agro-industriais): é um dos mais importantes, já que regiões distantes de pontos produtores de grãos gastam muito com frete e ficam mais susceptíveis a problemas de falta de ingredientes;
  • Aspecto sanitário: devem ser considerados pontos como a existência de enfermidades endêmicas (como por exemplo a Raiva). Isso pode descartar a utilização de determinada região. Devem também estar disponíveis na região produtos veterinários, adubos e equipamentos agrícolas.
VOCÊ VIU?  Como montar uma Vídeo Locadora

O processo de confimento

Deve-se seguir alguns passos para se obter sucesso neste processo, que são:

  • -Seleção dos Animais: deve ser rigorosa, a melhor decisão sobre o tipo de gado a ser confinado é ditada pelos preços de compra e venda dos animais e pela qualidade dos animais disponíveis. O fato de que estes fatores estão em constantes mudanças, torna-se necessária uma decisão ponderada com base em um deles para que se obtenha a melhor perspectiva de lucratividade.
    Recomenda-se animais de 350 a 400 kg, e que apresentem maior homogeneidade possível;
  • Idade: trabalhos experimentais têm demonstrado que animais mais novos apresentam maior velocidade de crescimento e melhor conversão comercial, porque os custos com a manutenção do animal aumentam na medida de seu crescimento. ou seja, quanto mais velho o animal, mais cara será a sua engorda;
  • Raça: aspectos relativos à raça do animal a ser confinado são também de grande importância. Tem-se observado que os melhores animais são aqueles com 1/2 sangue zebu e 1/2 sangue europeu e/ou 1/4 de sangue europeu e 3/4 de sangue zebu. A raça Nelore também oferece boas possibilidades para a engorda;
  • Pasto: o bom pasto sempre diminuirá custos de engorda. A resposta sobre qual pasto adotar depende geralmente da região e do tipo de terra , mas na verdade um pasto de boa qualidade será sempre mais produtivo.

Lembretes importantes

Alguns lembretes importantes para o futuro empreendedor:

  • Confinar pode significar o ingresso num campo fora da especialidade do criador, que ficará na “dependência” de zootecnistas , fornecedores ,clima ,empregados, maquinários ,água ,luz , e equipamentos e para aquele que planta seu próprio grão será exigido conhecimento de agricultura;
  • Construir um coxo seco na entrada do confinamento e enchê-lo de cal, fazendo com que toda pessoa ou automóvel ao entrar no ambiente passe por esta “barreira” higienizadora é uma alternativa.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
– Registro no Sindicato Patronal;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).
OBS. Caso o empreendedor queira constituir-se com pessoa jurídica.

VOCÊ VIU?  Como fazer batata chips - Montar fábrica de batata chips

Algumas legislações que futuro empreendedor deve ter conhecimento:
– LEI nº 7.967/89. Dispõe sobre o valor das multas por infração à legislação sanitária, altera a Lei nº 6.437, de 20 de agosto de 1977, e dá outras providências.

Registro Especial

– Registro no S.I.F. (Serviço de Inspeção Federal). Exigência feita para que o criador possa colocar seu produto no mercado.
– Registro como produtor rural. Exigência feita para comercializar o animal vivo.

Na comercialização do produto processado (carne ou pratos prontos), o empresário deverá informar-se a respeito dos registros necessários para sua legalização, já citados acima (Legislação Específica).

Em resumo:
Comercialização:
– Em Nível Municipal. No município onde está instalado, basta efetuar o registro na Vigilância Sanitária Municipal (quando houver);
– Em Nível Estadual. No Estado, o empresário deverá registrar sua empresa no IDAF – Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Espírito Santo;
– Em Nível Nacional. O registro deverá ser feito no SIF – Serviço de Inspeção Federal. O órgão responsável no Espírito Santo é o Ministério da Agricultura.

Entidades

ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária: http://www.anvisa.gov.br
EMBRAPA: http:// www.embrapa.gov.br
EMATER Goiás: http://www.emater.go.gov.br
Ministério da Agricultura: http://www.agricultura.gov.br

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *