Ideias de Negócios

Como fazer blocos – Montar fábrica de blocos de concreto

 

 

 

By  | 20/10/2017

Saiba como montar uma fábrica de blocos de concreto lucrativa, gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro fazendo blocos, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

 

Fabricação de blocos de concreto

 

Ficha Técnica
Setor da Economia: Secundário
Ramo de Atividade: Indústria de Produtos do Cimento
Tipo de Negócio: Fabricação de Blocos de Concreto
Produtos produzidos: Blocos de Concreto para Alvenaria e Pavimentação

 

Blocos de Concreto

 

HISTÓRICO. Necessidade do homem proteger espaços em busca de abrigo, remonta à pré-história. Utilizando recursos naturais precisava defender-se dos predadores, dos rigores da natureza e de seus próprios semelhantes. Não demorou a perceber que sua sobrevivência dependia da segurança destes refúgios. Fechar espaços, eis a questão! A arte de construir evoluiu por milhões e milhões de anos.

 

A utilização dos ligantes na construção se fez necessária pela necessidade em consolidar peças menores, muito mais fáceis de serem encontradas e manuseadas. A mescla de cal com pozolana dos romanos deu lugar ao cimento que J. Smeaton fez na Inglaterra em 1750. A este primitivo aglomerante hidráulico – que secava com água – juntaram-se os agregados areia e pedra. Com a utilização cada vez maior desta mistura, era preciso definir suas propriedades. Em 1818 Vicat estabelecia na França as primeiras propriedades do concreto simples, quais sejam, cura, pega e resistência a compressão.

 

Os precursores dos blocos de concreto que conhecemos hoje talvez sejam os que J. Bresser produziu na Virgínia/USA em 1904. A tentativa de mecanizar um processo de moldar vários blocos numa mesma forma, mesmo que manualmente, ganhava corpo. O início do século XX abria a corrida para a fabricação de máquinas cada vez melhores.
O desafio era – e ainda é – combinar as duas energias responsáveis pela excelência dos blocos pré-moldados de hoje. As energias de vibração e compactação da mistura precisam atuar devidamente ajustadas e harmonizadas. Só assim se consegue resistência, homogeneidade, aparência e economia.

 

Atualmente fabrica-se blocos por processos totalmente mecanizados e automatizados. De atividade tipicamente manual de construção civil, chegou-se a um dos processos industriais mais desenvolvidos no mundo.

 

Mercado – Fabricação de blocos de concreto

 

Muda o mercado, muda o produto, e com isso a um grande salto tecnológico, tornando o mercado cada vez mais competitivo. A qualidade dos produtos é cada vez mais exigida. No caso de blocos de concreto, os países mais desenvolvidos já conseguiram ajustar a cultura tecnológica entre consumidores e fornecedores, o que ainda não ocorreu no Brasil, aqui ainda não se descobriu o potencial um do outro.

VOCÊ VIU?  Industrialização de carne seca e charque, passo a passo

 

Como um produto pouco conhecido e ainda pouco usado, o bloco sobrevive e ganha mercados apenas pelas suas qualidades. No Brasil, São Paulo lidera o ranking tecnológico de utilização de blocos de concreto em alvenarias.

 

Equipamentos – Fabricação de blocos de concreto

 

Carrinhos de mão, baldes e as intermináveis idas e vindas das padiolas à betoneira são parte do passado. A escalada industrial exige equipamentos sofisticados, tais como: dosadoras automáticas, transportadores helicoidais, controladores lógicos programáveis, centrais de comando, sistema de cura a vapor, moldes térmicos, pinças, cubadoras, paletizadoras, etc…

 

Produção – Fabricação de blocos de concreto

 

O processo produtivo compõem-se de:
– Mistura homogênea;
– Prensagem;
– Secagem e cura controlada.

O ciclo industrial começa com a dosagem racional da mistura e vai até a cura do produto final. Em escala industrial, deixar blocos secar ao tempo pode representar uma perda total da competitividade do produto no mercado.

 

Características do produto – Fabricação de blocos de concreto

 

As diversas características do produto são discriminadas pela ABNT. Características estas que vão deste a resistência e a compressão simples, até a absorção de água.

 

– Resistência e compressão. É ela que confere ao bloco a capacidade de resistir às cargas: tanto as provenientes do transporte e do assentamento quanto as estruturais. Para se ter uma ideia, blocos de vedação devem ter resistência média de 2,5 MPa; blocos estruturais podem alcançar de 4 até 16 MPa. Outras características normalizadas são: a geometria do bloco, absorção de água, teor de umidade e retração por secagem.

 

– Geometria. É uma característica importante para quem assenta. Comprimento, altura, largura, espessura das paredes, mísulas e dimensões do furo devem atender aos valores mínimos especificados pelas Normas.

Como se vê, o bloco de concreto não é mais aquele elemento isolado, artesanal, que entra na obra para representar um simples papel no enchimento de vãos. A ele se dá e se cobra economia, estética e performance.

 

Tipos de Blocos – Fabricação de blocos de concreto

 

Existe alguns tipos de blocos e estes atendem a necessidades distintas, tais como:

 

– Blocos com fundo. É uma peça fora das Normas que ainda sobrevive em mercados pouco exigentes. Pelo lado de quem fabrica, o fundo acrescenta rigidez estrutural à peça. Não melhora a resistência à compressão. É a peça preferida dos fabricantes que ainda não dispõem de equipamentos sofisticados em relação às energias de vibração e compactação.

VOCÊ VIU?  Como montar uma fábrica de Tomate Seco

 

– Blocos de Concreto para Alvenaria. Quanto ao aspecto devem ser homogêneos, compactos e com arestas vivas, não apresentar trincas, fraturas ou outros defeitos que possam prejudicar o seu assentamento, resistência e durabilidade ou o acabamento em aplicações aparentes, sem revestimento. Se destinados a receber revestimento, devem ter a superfície suficientemente áspera para garantir uma boa aderência. É importante observar as dimensões estabelecidas em norma, bem como seus limites de tolerância.

Quando vazados, observar ainda a espessura das paredes que compõem os blocos, pois fora das especificações, comprometem sua resistência.

 

– Blocos de Concreto para Pavimentação. Quanto ao aspecto, devem ser homogêneos, compactos e não apresentar trincas e fraturas ou outros defeitos que possam prejudicar o assentamento, o desempenho estrutural ou a estética do pavimento. Em relação a resistência à Compressão: Tráfego de veículos comerciais de linha maior ou igual a 35 MPa. Tráfego de veículos especiais ou com efeitos acentuados de abrasão maior ou igual a 50 MPa.

OBS. Para melhor garantia ao atendimento do consumidor, blocos devem atender às Normas Técnicas Brasileiras.

 

Legislação Específica – Fabricação de blocos de concreto

 

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no Sindicato Patronal;

 

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar o seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

A fabricação de blocos é normalizada segundo a ABNT. São muitas as normas para a fabricação e testes deste produto. Para maiores informações consultar a ABNT

 

Entidades – Fabricação de blocos de concreto

 

CREA/ES – Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do ES
Av. Cesar Hilal, 700, Edifício Yung – 1º andar – Bento Ferreira – Vitória – (ES)
29052-232
Tel. (27) 334 9900

 

ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas – Regional Leste RJ/ES/BA
Av. Treze de Maio, 13 – 28º andar – Rio de Janeiro – (RJ)
20003-900
Tel. (21) 210 3122

 

VOCÊ VIU?  Ganhe dinheiro com Teses e Monografias

IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo S.A.
Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – São Paulo – (SP)
05508-901
Tel. 55 (11) 3767 4002 / 3767 4126 / 3767 4456 / 3767 4744

 

Fornecedores de Equipamentos – Fabricação de blocos de concreto

 

Atlântica Máq Ind. e Com. de Máquinas Ltda.
Rua Bartolomeu Soares, 65 – Ponte RasaA – São Paulo – (SP)
03894-000
Tel. (11) 6141 3283 / 6142 5611 – www.atlanmaq.com.br

 

Permaq Máquinas Pneumáticas Ltda
Av. Sapopemba, 7218 – Sapopemba – São Paulo – (SP)
03374-001
Tel. (11) 6918 9925

 

Endereços na Internet: Site da ABNT
http://www.abnt.org.br/

 

Site IPT
http://www.ipt.br/

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *