Ideias de Negócios

Como fazer Chinelos – Saiba como montar uma fábrica de Chinelos

 

 

 

By  | 11/12/2017

Saiba como montar uma fábrica de chinelos gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro fazendo chinelos. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Fábrica de chinelos

FICHA TÉCNICA
Setor da Economia: Secundário
Ramo de Atividade: Indústria
Tipo de Negócio: Fabricação de chinelos

Histórico

Na antiga Roma, os sapatos indicavam a classe social de quem os usava. As mulheres usavam sapatos brancos, vermelhos, verdes ou amarelos. Os senadores, marrons. Já os cônsules usavam brancos.
Em algumas cerimônias na Roma dos Cézares, os convidados usavam sandálias com solado de ouro maciço. A sandália foi a primeira vestimenta real para os pés. Possuía sola de pele de animal com orifício nos lados e no bico e eram amarradas ao pé com tiras de peles.

Mercado

Encontra-se consumidores de chinelos em todas as classes sociais, de ambos os sexos, em variadas faixas de idade, pela amplitude do mercado consumidor, é possível produzir artigos específicos para cada categoria de público.
Essa definição da linha de produtos deve ser orientada por uma pesquisa de mercado, um trabalho onde sejam levantados o número potencial de consumidores, a concorrência, os custos e os preços médios de venda.
A oportunidade pode se apresentar em qualquer cidade brasileira de médio porte, de preferência localizada perto do mercado fornecedor da matéria-prima.
A concorrência para este tipo de produto é grande, existem empresas de todos os portes fabricando chinelos e sandálias. Sendo assim, o espaço para uma nova fábrica desse tipo não vem por causa da falta de oferta, mas sim, da falta de criatividade, ousadia e capacidade de negociação da concorrência.

VOCÊ VIU?  Como montar uma Academia - Passo a Passo

Estrutura

A estrutura básica deve contar com uma área mínima de 80 m2, distribuída entre as áreas de produção, estocagem e do escritório.

Equipamentos

Os equipamentos básicos são:

– Máquinas de corte (balancim) e costura;
– Prensas/calor;
– Lixadeiras;
– Ferramentas em geral;
– Móveis e equipamentos do escritório (computadores, fax, etc).

Investimento

Irá variar de acordo com a estrutura, podendo este variar em torno de R$ 60 Mil.

Pessoal

O número de funcionários irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento, sendo que deve-se contratar operadores, empregados para etiquetar, ensacolar e encaixotar.

Matéria prima

Os materiais utilizados na fabricação das sandálias de borracha são: borracha E.V.A, nylon e palmilhas. Você ainda vai precisar de cola, tinta e materiais para a embalagem (etiquetas, sacolas plásticas e caixas de papelão).

Fornecedores

Os fornecedores de matéria-prima são os atacados que mantêm uma grande variedade de opções em seu estoque. Quando é possível adquirir em um volume maior, as condições são muito melhores, podendo até chegar ao ponto de adquirir diretamente dos fabricantes que são indústrias de chapas de ferro, borracha e E.V.A..

Fases da fabricação

A fabricação das sandálias passa pelas seguintes fases:

– Corte da borracha E.V.A para sola e palmilha;
– Corte das tiras;
– Perfuração da palmilha para receber as tiras;
– Costura e montagem;
– Colagem;
– Acabamento e expedição.

Diferencial

O que faz a diferença neste ramo de atividade é a capacidade de colocar um bom produto no mercado a um preço competitivo, para isto ter um processo de distribuição eficiente (com vendas diretas através de feiras), indicação de clientes antigos, mídia falada e televisada são boas maneiras de se atingir esses objetivos.

VOCÊ VIU?  Como montar serviços de Teleatendimento 0800, 0900 e 0300

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
– Registro no Sindicato Patronal;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

Referências:

SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *