Ideias de Negócios

Como fazer cigarro de palha – Montar fábrica de cigarro

 

 

 

By  | 

Saiba como montar fábrica de cigarro de palha lucrativa, gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro fazendo cigarro, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

 

Fabricação de cigarro de palha

 

Ficha Técnica
Introdução Setor da Economia: Secundário
Ramo de Atividade: Indústria de Transformação.
Tipo de Negócio: Fabricação de Cigarrilha.
Produto: Cigarro de Palha

 

Cigarro de Palha

 

O processo não é tão simples quanto parece, pois além de ser um processo artesanal, o espaço de tempo desde o plantio até o ato de fumar, consomem um tempo nunca inferior a dois anos, e exige conhecimentos da planta, tanto de suas partes e características, como da fermentação. Essa atividade agrícola-industrial oferece muitas oportunidades para o empreendedor, que para ter sucesso e estar diferenciado no mercado, deverá saber trabalhar mais do que com recursos e equipamentos, mas criativamente na elaboração e na comercialização de seus produtos..
Uma fábrica de cigarros de palha para concorrer com grandes empresas, robotizada, totalmente automatizada, com grande capacidade de produção, requer grandes investimentos. Apesar da concorrência com as grandes, as pequenas fábricas de cigarros têm tido uma boa participação no mercado, praticando preço menores.

 

Matéria Prima – Fabricação de cigarro de palha

 

A matéria-prima básica para a fabricação do cigarros é a folha do fumo, que inicia no preparo do solo, plantio de sementes selecionadas, que recebe tratos culturais e profiláticos. Colheita individualizada das folhas classificando-as por cortes, pois as folhas de baixo são mais tenras e com menor teor nicotínico. Secagem das folhas, uma a uma, penduradas em galpões apropriados durante cerca de 30 dias. De uma maneira global, as folhas passarão por um processo de fermentação, onde depois, servirão como miolo, capa (folha exterior, quando não forem substituídas por outro material) e cobertura (folha principal).

 

Beneficiamento – Fabricação de cigarro de palha

 

Depois da colheita o fumo tem de ser curado e secado, fermentado e classificado. A secagem se faz por processo natural ou artificial. A cura e secagem são feitas não só para eliminar a umidade das folhas, mas também para se obter melhor aroma, cor uniforme, maciez e brilho. É um processo que demora de 35 a 40 dias no Sul e um pouco menos no Nordeste. A secagem natural se faz ao ar natural em secadores, ao ar livre à sombra ou ar livre ao sol. No Nordeste, em geral, usa-se um desses três processo, de preferência em secadores, que são galpões construídos em locais bem arejados, sobre solo seco e bem drenado.

 

Fumo de corda, secagem ao sol – Fabricação de cigarro de palha

 

Para fazer fumo de corda, podem-se pendurar as folhas ou pés inteiros em varais ao sol, e a secagem dura de dez a vinte dias. Os fumos para produção de fumo-de-corda, depois da secagem, não precisam ir para a manocagem. O processo seguinte é a “destala”, que consiste na eliminação da nervura principal da folhas, no galpão, indo a seguir para o preparo da corda, que, segundo Emater – BA, consiste em agrupar as folhas de três em três, cobertas com a mais apresentável delas, formando as bonecas, que são enroladas unidas, formando a corda. A cura da corda demora de 90 a 120 dias. No Sul, o fumo é enfardado em volumes de 40 a 50 Kg, depois de classificado

 

Secagem Artificial – Fabricação de cigarro de palha

 

A secagem artificial pode ser feita em galpões, com aquecimento por carvão ou lenha, ou em estufas. As folhas são amarrada em varas com cerca de 1.,20 m e colocadas em estaleiros, com distância de 20 a 25 cm entre elas. Em cada vara vão 120 a 150 folhas. O ar quente deve circular de forma que atinja todos os estaleiros, vara e folhas com uniformidade dentro da estufa ou galpão. A cura e secagem passa por vários fases: o murchamento (perda de água), amarelação, fixação da cor (as folhas, depois de amareladas, vão ficando castanhas), secagem da folhas e secagem do talo. O fumo estará totalmente curado quando o talo estiver quebradiço e estalar quando quebrado.

VOCÊ VIU?  Como fazer doces - Veja como montar fábrica de doces dietéticos

 

Os fatores que interferem na cura e secagem são vários: as condições ideais são temperatura moderada (15,5 à 32 C) a umidade também moderada (75 a 85%); baixa temperatura e baixa umidade, quando o fumo está amarelado ou fixando a cor. Fazem com que ele fique tipo “feno” ou “pasto seco”, por isso é preciso fechar o galpão durante o dia e abrir à noite quando isso ocorre ; alta temperatura e baixa umidade provocam cura muito rápida e manchas claras nas folhas (nesse caso, fechar o galpão durante a noite); e temperatura e umidade elevadas provocam a cura rápida produzindo fumos muito escuros e manchados (para resolver isso, deve-se abrir o galpão para aumentar a ventilação). A cura e secagem, quando feitas sem os cuidados necessários, provocam alguns defeitos que desvalorizam o fumo. Os principais defeitos que ocorrem nesse processo são o talomole (secagem incompleta), coloração esverdeada (colheita antes do tempo ou amarelação insuficiente), manchas de umidade e manchas claras, também chamadas manchas-estufadas (secagem rápida, com pouca umidade e temperatura elevada).

 

Manocagem – Fabricação de cigarro de palha

 

Terminada a secagem as folhas devem ser amarrada em feixes de 20 a 25, utilizando-se um cordão, fibra vegetal, ou mesmo um folha de fumo da mesma qualidade das que são amarradas. A amarração deve ser feita pelo talo. Esse molhos, com cerca de 3 cm em diâmetro, chamam-se “manocas” e devem ser feitos só com folhas de fumo da mesma qualidade. Alguns fumos não devem sofrer nenhum processo de fermentação, apenas envelhecimento, como é o caso do virgínia – flue-cured”. Nesse caso, devem ser empilhados em montes com a largura de duas manocas, com as cabeças destas voltadas para os lados de fora. Essas pilhas devem ter, no máximo, 1 m de altura, ficando com no mínimo 15 cm de distância das paredes, para permitir a circulação do ar.

 

Evolução da cura -Fabricação de cigarro de palha

 

Diariamente, deve-se observar se a pilha não está esquentando, o que é indício de fermentação; neste caso, é necessários desfazer a pilha e remontá-la. As pilhas devem ser cobertas com panos de aniagem ou material semelhante, nunca com plástico. Outros fumos precisam passar por um processo de fermentação. O sumatra, por exemplo, é arrumado em pilhas de 2000Kg (já manocados). Quando a temperatura atinge 50ºC, faz-se a vira, juntando-se duas pilhas para formar uma só, de 4000Kg. Mas as manocas que estavam nas partes externas da pilhas anteriores vão para o centro. Quando a temperatura da nova pilha atinge 52ºC desmancha-se e junto-se com outro igual, formando um são de 8000Kg. Depois essa pilha é virada de novo e, quando sua temperatura se tornar estável, a fermentação estará terminada. O processo de fermentação dura cerca de 120 dias.

 

Enfardamento – Fabricação de cigarro de palha

 

Depois fermentação o “sumatra” é classificado, separando-se as folhas sãs das estragadas e fazendo-se a classificação por tamanho, perfeição e textura. Por fim, é arrumado em camadas, classe por classe, ou seja em capas , capotes e buchas , folha por folha, sendo em muitos casos recomendada uma fermentação complementar dos fumos classificados. As folhas são agrupadas em fardos com aproximadamente 70Kg, e armazenados em câmara frigorífica, à temperatura de 12ºC, para evitar-se ataque de fungos e infestação de lasioderma, até a industrialização ou comercialização.

 

Operações Industriais – Fabricação de cigarro de palha

 

As etapas que envolverão a industrialização são: moldagem, prensagem, capeamento, secagem, esterilização em câmaras frias e estocagem, iniciando pela abertura dos fardos, separação das folhas e seu umedecimento para permitir manuseio sem rompê-las. Composição das misturas ou ligas (de vários tipos de fumos e de vários cortes) que irão constituir o blend . As folhas de fumo desta etapa devem ter retirado o talo (veia) central.
Fabricação do tirulo (miolo) do charuto, composto da liga envolta por uma folha chamada capote . Controle do diâmetro do tirulo individualmente. Controle da facilidade de aspiração do tirulo , por amostragem. Moldagem e prensagem dos tirulos para conferir-lhes uniformidade que facilitar as operações subseqüentes.

VOCÊ VIU?  Como montar um salão de beleza

 

Classificação cromática dos fumos para capas , destalando-os e separando-os em de direita e de esquerda . Cada meia folha corresponde a capa de um charuto apenas, independente do tamanho de um ou outro.

Bitolagem do cigarro: corte da extremidade deixando o produto na medida final especificada. Inspeção global e individual dos serviços de capeamento (nesta fase os cigarros estão em maços de 50 unidades).
Secagem prévia para eliminação da umidade naturalmente exigida pelo processo. Estocagem em armário de cedro, por determinado período para dar tempo dos cigarros descansarem (homogeneização do blend ).
Composição de lotes monocromáticos de 25 unidades que são reinspecionados e onde se determina a cara de cada cigarro (lado onde ser colocada a frente o anel).
Colocação do lote monocromático reinspecionado em bandejas que são superpostas e prensadas. Colocação dos anéis e do celofane (se for o caso). Rotulagem das caixas (se estas são fabricadas em cedro). Acondicionamento dos cigarros nas caixas, com revisão geral dos serviços.
Esterilização em Câmara Frigorífica a – 30ºC durante 8 dias. Secagem em ambiente com umidade e temperatura controladas. Complementação dos serviços de rotulagem externa. Estocagem em ambiente com temperatura ao redor de 24ºC e umidade relativa de 65%/70%.
O cigarro de palha pode ser considerado um cigarro, cujo envoltório é um fragmento da folha de tabaco, ou substituto, desta forma, constituindo um pequeno charuto cilíndrico.
FORNECEDORES

 

Fornecedores de prensas:

 

OYAMA EQUIP. INDL
Rua Sen. Felício dos Santos, 344
01511-010 São Paulo SP
Tel: (011) 278-9149 Fax: (011) 270-1306
Contato: Sr. Willian

 

ECIRTEC EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS INDUSTRIAIS LTDA.
R. Padre Anchieta, 7 – 61
17060-400 Bauru SP
Tel: (014) 232 1385 – Fax: (014) 232 3600
Contato: Adilson

 

CO. SEBELIN & CIA LTDA.
Rua Mal. Vasques, 48 – Centro
16400-000 Lins SP
Tel: (014) 522 3622 Fax: (014) 522 1566

 

Fornecedores de secadores industriais:

 

BERNAUER SECADORES INDUSTRIAIS
Pça Wihlem Bernauer, 37
03126-090 São Paulo SP
Tel: (011) 274 7066 Fax: (011) 274 7416
Contato: Mecca

 

VOMM EQUIPAMENTOS E PROCESSOS LTDA.
R. Manoel Pinto de Carvalho, 161
02712-120 São Paulo SP
Tel: (011) 266 9888 Fax: (011) 266 9743
Contato: Marinês

 

Fornecedores de câmaras de congelamento:

 

MEBRAFE EQUIPAMENTOS FRIGORÖFICOS
R. Antônio Ribeiro Mendes, 2953
95032-000 Caxias do Sul RS
Tel/Fax: (054) 224 1522
Contato: Sílvia

 

REFRIPOR CAMPOS SALLES IND. E CIAL. DE REFRIGERAÇÃO
Rua Guaiaúna, 143/133 Penha
03631-000 São Paulo SP
Tel: (011) 217 5477 Fax: (011) 296 6003
Contato: Sr. Hausen

 

Endereços na Internet:

 

http://www.afubra.com.br

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

3 Comments

  1. Geraldo Gontijo Guerra

    janeiro 23, 2017 at 12:56 pm

    Necessito saber sobre a legislação e incidência de impostos federais,estaduais e municipais e taxas de entidades ligadas a produção e comercialização do cigarro de palha, vocês podem me ajudar?

  2. Jarbas Lopes

    março 11, 2016 at 2:37 pm

    Olá. Na postagem não foi mencionado como é permitido fabricar os cigarros, ou seja, qual é a legislação específica sobre o tema?

  3. Ademar Junior

    fevereiro 24, 2016 at 3:16 pm

    Quanto a comercialização, quais são as exigências?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *