Ideias de Negócios

Como iniciar um serviço de Limpeza de Janelas

 

 

 

By  | 20/10/2017

Ganhe muito dinheiro com recuperação de fachadas de construções, saiba como como iniciar um serviço de Limpeza de Janelas com pouco dinheiro e sem cometer erros. Aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

 

 

Tratamento de fachadas e limpeza de Janelas

 

Ficha Técnica
Setor: Serviços.
Tipo de Negócio: Recuperação de fachadas de construções.
Espaço Físico: 100 m².
Investimento Inicial: R$ 80 e R$ 200 mil.

 

Com expansão anual de 20%, o setor de reforma de fachadas ainda reserva boas oportunidades de investimento em cidades verticalizadas. O ramo imobiliário não tem sentido muito os sobressaltos da economia. Pelo contrário. Conforme levantamento da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), o número de empreendimentos residenciais lançados no primeiro semestre deste ano na Grande São Paulo foi a cima do esperado. Tamanha evolução, além de confirmar o bom momento vivido pela construção civil, ajuda a explicar também a expansão registrada nos últimos anos no segmento de limpeza e tratamento de fachadas de edifícios.

 

Tratamento de fachadas – O mercado

 

Embora um prédio passe a ser alvo desse tipo de serviço só após dois anos de ocupação, o aquecimento no setor de imóveis significa garantia de demanda futura. A procura por conservação de fachadas também vem sendo estimulada pelos efeitos da poluição e ainda pela verticalização das cidades. Estimativas de empresários da área indicam crescimento médio anual de 20% na demanda do serviço que, operacionalmente, é até bastante simples.

 

O interessado deve pesquisar prioritariamente cidades verticalizadas e onde o clima favoreça a deterioração dos prédios. Em geral, além da poluição, a maresia de regiões litorâneas contribui para acelerar o desgaste das construções.

 

Tratamento de fachadas – O Empreendedor

 

Animados pelo bom desempenho, empreendedores dos ramos de pintura, engenharia e construção avançam com apetite sobre a atividade. Eles são os mais bem-sucedidos, embora empresas da área de limpeza também explorem o filão.

 

Tratamento de fachadas – Avaliando oportunidades

 

A Front Engenharia atribui parte de seu sucesso ao cuidado com que a empresa trata cada cliente. Eles chegam ao requinte de retirar amostras da fachada para análise antes de fazer o orçamento. De acordo com o empresário carioca, o desgaste encontrado em cada prédio depende do seu revestimento e também da sua localização. Os edifícios situados perto do mar ou de regiões com grande fluxo de veículos precisam de reparos a cada cinco anos no máximo, em razão da poluição e da maresia.

 

Tratamento de fachadas – Espaço Físico

 

A rigor, basta ter uma área de cerca de 100 m2 para guardar os equipamentos, pois os materiais, em geral, são enviados diretamente para o local das obras

 

Tratamento de fachadas – Investimento inicial

 

Variará entre R$ 80 e R$ 200 mil.

 

Tratamento de fachadas – Equipamentos

 

Segundo o empresário, também é fundamental reinvestir sempre em equipamentos modernos para realizar cada vez mais serviços no mesmo espaço de tempo. Os equipamentos básicos para iniciar atividades são: cadeiras suspensas automáticas, máquinas de lavar de alta pressão, equipamentos de segurança, computadores e periféricos, ferramentas diversas, andaimes mecânicos e elétricos, lixadeiras, máquina de cortar mármore, furadeiras industriais, pranchetas de desenho.

VOCÊ VIU?  Montar uma distribuidora de Medicamentos

 

Tratamento de fachadas – Capital de Giro

 

Para não correr esse risco, é fundamental ter capital de giro para financiar a obra e não depender do pagamento do cliente, acrescenta José Almeida, proprietário da Roma Pinturas, de São Paulo. Ele calcula ser necessário um capital de giro entre 60 mil e 80 mil reais .

 

Tratamento de fachadas – Faturamento

 

O caso da empresa de Giovanni Santacroce pode servir como exemplo. Com 8 pintores fixos e 30 autônomos ele fatura uma média de R$ 400 mil/ mês.

 

Tratamento de fachadas -Receita Operacional Mensal

 

Variando entre R$ 45 mil e R$ 100 mil.

 

Tratamento de fachadas – Pessoal

 

Nada impede, no entanto, que qualquer pessoa ingresse no ramo, desde que se cerque de profissionais preparados ou tenha um sócio com experiência em construção. A Roma, empresa do ramo, se vale da contratação de autônomos para apressar a conclusão de suas obras. Há épocas em que coloca em ação 120 homens simultaneamente. E quando a fachada requer reformas, cuja realização interferirá na estrutura do prédio, Almeida recorre ao auxílio de um engenheiro civil, já que ele não possui formação acadêmica na área.
Profissionais bem pagos e preparados refletem também, segundo Almeida, na redução de custos. Quando a equipe é orientada para o uso correto dos produtos de limpeza e tintas evita-se desperdícios e problemas de saúde. Alguns fabricantes ajudam nessa conscientização elaborando folhetos explicativos e até oferecendo cursos e treinamentos específicos para a atividade. É o caso da Advanced Technologies, situada no Rio de Janeiro, que vende produtos importados para limpeza de superfícies porosas e retirada de pichações.

 

Tratamento de fachadas – Segurança

 

A questão mais preocupante no segmento diz respeito à segurança dos funcionários. Por isso é imprescindível o empreendedor investir em treinamento, equipamentos e acessórios modernos que garantam a boa execução do serviço com o máximo de segurança aos operários.

 

O secretário da Associação Nacional da Indústria de Materiais de Segurança e Proteção ao Trabalho (Animaseg), Raul Casanova, recomenda aos interessados no segmento procurarem entidades ligadas à segurança para conhecer as normas específicas da construção civil.

 

No que toca a segurança do empregado, é aconselhável saber da prefeitura local se, no caso de a fachada ficar ao lado da calçada, se há necessidade de proteção ou isolamento da área durante a execução do serviço, para evitar acidentes com terceiros.

 

Tratamento de Fachadas – Cuidados

 

Os cinco básicos para operar um serviço de tratamento de fachadas são:

 

Tratamento de Fachadas -Cadeiras Suspensas

 

Devem estar suportadas por cabos de aço fixados num ponto seguro no alto do prédio;.

 

Tratamento de Fachadas – Cinto de Segurança

 

O operário deve usar um cinto de segurança especial com dispositivo trava-queda preso a uma segunda corda fixada também no topo do edifício;

 

Tratamento de Fachadas – Outros Equipamentos de Segurança

 

Os funcionários precisam trabalhar com óculos, botas e máscara, além de capacete do tipo que se prende à cabeça;

 

Tratamento de Fachadas – Exames Médicos

 

VOCÊ VIU?  Peças de Porcelanato - Saiba como fazer

É aconselhável a realização de exames médicos a cada seis meses em toda a equipe que atua na parte operacional;

 

Tratamento de Fachadas – Terceiros

 

Tome cuidado com a terceirização, pois a responsabilidade sobre os funcionários de empreiteiras é da firma contratante.

 

Tratamento de Fachadas – Fornecedores

 

A Advanced é uma das poucas fornecedoras de insumos específicos para limpeza de fachadas no país. Mas isso não significa dificuldade para quem quer iniciar no ramo, pois há a alternativa de o próprio empreendedor desenvolver o material necessário.

 

Tratamento de Fachadas – Alternativa

 

Muitas firmas, como a Roma Pinturas e a Tecnopintura, contam com profissionais da área química para o desenvolvimento de novas técnicas de limpeza ou conservação e até mesmo novos produtos. A tática permite à empresa atualizar –se rapidamente em relação aos mais recentes materiais utilizados na construção dos prédios.

 

Sempre atento às novidades do mercado, a Front Engenharia vai ampliando os serviços oferecidos de acordo com a oportunidade. Esse caminho, aliás, é trilhado também por outras empresas, como a Tecnopintura. Nos últimos anos, ela começou a receber encomendas de pinturas artísticas em edifícios e viadutos antigos. O sucesso no novo nicho, porém, não fez com que a empresa se acomodasse. Estamos pensando em investir em recuperação de janelas de alumínio e impermeabilização de pisos , anuncia Giovanni Santacroce, que com seus oito pintores fixos e movimentando outros 30 autônomos, prevê um faturamento de R$ 400 mil para este ano. A trajetória da Tecnopintura mostra que as oportunidades estão longe de se esgotar no setor de serviços de tratamento de fachadas.

 

Tratamento de Fachadas – Inovações

 

Sempre há novidades que facilitam o trabalho. A Mason & Mason Máquinas Especiais, de São Paulo, por exemplo, criou um equipamento capaz de funcionar bem usando palha de arroz, milho moído e areia como abrasivos, misturados com água.

 

Tratamento de Fachadas – Contrato

 

O contrato entre a empresa e o cliente precisa ser muito claro e específico , alerta Reinaldo Miguel Messias, consultor do Sebrae paulista. A Tecnopintura Revestimento e Pinturas, de São Paulo, criou até um detalhado contrato para tornar transparente o relacionamento com o consumidor. O documento enumera e descreve os serviços a serem realizados, as áreas abrangidas e os prazos acordados, além do preço. Ele é previamente assinado por ambas as partes. Com isso, o cliente acompanha com mais segurança cada etapa da obra , afirma Paulo Ramalho, que dirige a empresa ao lado de Giovanni Santacroce.

 

Tratamento de Fachadas – Pagamento

 

O fato de lidar com público de prédios residenciais, exige flexibilidade nas formas de pagamento, para facilitar o rateio entre condôminos. Mas nada de baixar o preço demais só para pegar mais reformas. A prática invariavelmente resulta em falências.

 

Tratamento de Fachadas – Propaganda

 

Antes de iniciar a empreitada, eles fotografam o prédio. Isso ajuda na definição do orçamento. No final, é feita outra foto, que, junto com a primeira, é incluída no portfólio da empresa. Utilizado como ferramenta de divulgação, esse material funciona como propaganda e marketing na captação de mais clientela. Mas os empresários do setor reconhecem que não se pode abrir mão de anunciar em jornais dirigidos a síndicos, pois a maioria dos serviços é feita em prédios residenciais.

VOCÊ VIU?  Como montar um mini laticínio de leite de cabra

 

Para os proprietários da construtora Parma, alcançar patamar de expansão semelhante ao de sua empresa é necessário conquistar a confiança do consumidor. Os moradores dos prédios preferem empresas indicadas por amigos pois não querem gente estranha no condomínio , afirma Lúcio Barbosa, dono da Front Engenharia, do Rio de Janeiro. Barbosa afirma que 80% dos contratos que fecha vêm do boca a boca. Os outros 20% resultam de anúncios convencionais e dos folhetos distribuídos em edifícios com necessidade aparente de reforma.

 

Tratamento de Fachadas – Casos de Sucesso

 

ROMA. O proprietário da Roma, José Almeida, começou no ramo como ajudante de pintor, passou a pintor e abriu a Roma em 1990. A experiência e o tino empreendedor foram suficientes para erguer seu negócio e até para construir conceitos próprios de qualidade. Durante a realização do serviço, a imagem da empresa são os empregados. Por isso, é fundamental orientar o pessoal quanto ao comportamento ideal , pondera ele, defendendo a importância de um bom relacionamento com os funcionários. No seu caso, isso começa pelo pagamento de comissões.

 

CONSTRUTORA PARMA. Seja com produtos químicos ou técnicas alternativas, demanda não falta no ramo de tratamento de fachadas, na opinião de José Gilberto Prates, sócio na Construtora Parma, de Belo Horizonte (MG). Quando ele e o amigo Luís Otávio Farias fundaram a empresa em 1991 começaram atendendo a duas obras por ano. Hoje realizam em média 25, sendo 90% reformas de fachadas. A estrutura da empresa acompanhou o crescimento. Atualmente são 60 empregados, cinco telefones e oito veículos.

 

Endereços na Internet:

http://www.ielgo.com.br

 

Referências:

Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, Associação Brasileira de recursos humanos – ABRH – Nacional, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME.

 

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *