Conecte-se conosco

Ideias de negócios

Linguiça de frango – Saiba como fazer

Saiba como fazer linguiça de frango gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro fabricando embutidos, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

COMECE A GANHAR DINHEIRO SEM SAIR DE CASA COM UMA TÉCNICA QUE POUCOS CONHECEM...
15 dias e um celular é tudo que você precisa para começar a vender agora e se tornar dono do seu próprio negócio. ACESSE: WIBOX

Fabricação de linguiça de frango

O mercado de embutidos é um mercado altamente competitivo, haja visto o grande número de fabricantes de produtos similares, todavia a qualidade, o preço, a apresentação, e principalmente o atendimento ao cliente são os principais diferenciadores.

Consumidor – Fabricação de linguiça de frango

O perfil do consumidor do produto em questão é o mais variado possível uma vez que pode ser consumido em diferentes situações, como por exemplo: fazendo parte da refeição normal, em churrascos, como aperitivo, etc… Além disso, com a queda do poder aquisitivo, a linguiça se tornou um opção em substituição a outros tipos de carne, sendo por isso, mais consumida pela classe média baixa.

O locais usualmente conhecidos como fornecedores deste tipo de produto ou seja, os açougues, mercados, mercearias, são os pontos de venda que deverão ser atendidos pelo fabricante.

Fornecedor – Fabricação de linguiça de frango

A aquisição de matérias-primas se faz sem grandes dificuldades nos mercados centrais ou em abatedouros. Os retalhos são a principal matéria-prima na fabricação da linguiça e por isso o investidor deverá estar cauteloso principalmente com a qualidade desses produtos. A aquisição dos ingredientes se faz através de casas especializadas neste tipo de produto, aconselhamos a não estocagem dos produtos pois são perecíveis.

Concorrência – Fabricação de linguiça de frango

Há uma forte concorrência no setor e a principal arma na comercialização, no momento em que a qualidade e o preço estão equiparados, é o atendimento ao cliente que deve ser atuante e eficaz.

Localização – Fabricação de linguiça de frango

A infra-estrutura deve atender aos requisitos básicos de água, luz e telefone. A saída de água do salão deverá possuir uma caixa coletora de gordura para que a mesma não vá para o esgoto. Deverão ser instalados um escritório e dois banheiros, segundo a legislação vigente.

É necessário também que o empreendedor possua um veículo climatizado para entrega do produto. Lembramos que este veículo também deverá passar por vistoria das autoridades sanitárias.

Área Física – Fabricação de linguiça de frango

A área de manipulação deverá ter aproximadamente 40 m², com entrada e saída distintas. Na entrada da área de serviço, é conveniente a instalação de um fosso contendo água clorada. A área de produção deverá ser instalada num galpão de aproximadamente 80 m². No galpão deverá conter 3 câmaras frias, sendo a primeira para recebimento de matérias-primas, a segunda para estocagem de semi-elaborados e a terceira para estocagem de produto acabado aguardando expedição.

Equipamentos – Fabricação de linguiça de frango

.Moedor Base;
.Misturadora de 120 kg;
.Ensacadeira com capacidade para 8 kg;
.Mesas de ferro e tampo de polipropileno;
.Balança de chão com capacidade de 300 kg;
.Balança de mesa com capacidade de 10 kg;
.Balança de mesa com capacidade de 5 kg.

Produto – Fabricação de linguiça de frango

A carne de coxa de ave é bastante pigmentada devido ao teor de mioglobina, podendo ser indicada para produtos tipo linguiça , no entanto, pouca pesquisa sobre o assunto tem sido publicada.

BAKER & DARFLER descreveram as técnicas de elaboração de produtos utilizando carne de peru, frangos e galinhas. As carnes foram desossadas e cortadas em pedaços de aproximadamente 4 cm3, misturados com os demais ingredientes (sal, mistura de cura, açúcar, polifosfatos, e flavorizantes) e embutidos em tripas de 8,5cm de diâmetro ou enlatados.

O cozimento foi realizado em estufa com defumação, banho-maria ou autoclave para os produtos enlatados. Os produtos elaborados com carne de coxa de peru foram mais aceitáveis, apresentando melhor liga e melhor cor. Os produtos elaborados com carne branca de galinha foram menos aceitáveis. Comparando os embutidos elaborados com carne de coxa de frango, galinha e peru, os autores observaram que os produtos não apresentaram diferenças estatísticas significativas quanto ao sabor e aroma. Porém quando se utilizou a carne de frango obteve-se liga e cor inferiores, e, melhor maciez e suculência. Os produtos elaborados com carne de peru foram superiores quanto à cor e aceitação geral.

Leia  Como montar um Home Office. Passo a Passo

As carnes branca e vermelha de frango possuem propriedades e composição química diferentes. ROLAND et alii estudaram a elaboração de linguiça de frango utilizando várias proporções de carne branca e vermelha. Quando a proporção de carne branca aumentava, diminuía o teor de gordura e perda no cozimento. Segundo os autores, a carne branca deu produtos sensorialmente superiores aos de carne vermelha. De acordo com McCREADY & CUNNINGHAM, o PH da carne vermelha é maior do que a carne branca, e segundo FRONING & NORMAN, a carne vermelha tem menor capacidade de retenção de água e menor relação umidade x proteína, o que se relaciona com a baixa capacidade de liga.

Utilização de proteínas de soja em produtos cárneos:

PROTEÍNAS DE SOJA. As proteínas de soja entram na composição dos embutidos, aproveitando-se as suas importantes propriedades funcionais de reter líquidos e emulsionar. Segundo ZILIO, as proteínas de soja são consideradas também como extensores, pois há grande diferença de custo em relação à carne.

A PTS (proteína texturizada de soja) apresenta um custo de aproximadamente 13% do custo da carne industrial, além de aumenta o teor protéico e diminuir o teor de gordura. Segundo DIANOVA et alii, em proporções de até 30% de PTS, os produtos são satisfatórios do ponto de vista químico e microbiológico, quando comparados com similares de fabricação convencional. PADDA & KONDAIAH observaram alta aceitação com relação ao sabor em lingüiças com 5 e 10% de PTS, porém uma diminuição na aceitação foi observada com adição de 15%. Entretanto, para BALDINI & PORRETA é possível a utilização de até 30% de PTS.

Alguns efeitos da adição de PTS como substituto da carne magra em embutidos maturados foram observados por AMBROSIADIS et alii. De acordo com os autores, na mistura e trituração da PTS com a carne magra ocorreu uma boa incorporação. A adição de 6% de PTS não afetou as qualidades sensoriais. Do ponto de vista tecnológico, a adição de 12% de PTS foi possível, porém prejudicou a textura e sabor. RAO et alii elaboraram thuringer sausages (embutidos semi-secos e defumados) e obtiveram resultados semelhantes utilizando PTS com extensor nas proporções de 0, 5, 10, 15 e 20%.

Os embutidos foram fermentados, defumados e submetidos às análises. O PH da amulsão fresca aumentou com adição de PTS, porém não variou nos embutidos fermentados. De acordo com os autores, a PTS pode ser empregada em thuringer sausages até o nível de 10%, sem afetar a aceitação por parte dos consumidores.

Na elaboração de embutidos cozidos e defumados de carne de aves, SCHNEIDER et alii demonstraram que a utilização de farinha texturizada de soja na proporção de 10,5% não influiu grandemente na textura, maciez, cor, aroma e qualidade degustativa do produto final, e só se tornou discretamente perceptível ao paladar na proporção de 14%. No preparo de pasta de fígado de frango, SCHNEIDER et alii concluíram que a utilização de fígado de ave em combinação com PTS é tecnicamente viável e prática.

A proteína isolada de soja (PIS) pode entrar na formulação de diversos produtos. A PIS pode ser hidratada para sua utilização e adicionada durante a trituração. O sal deve adicionado somente após a hidratação da proteína de soja. GORBATOV et alii recomendaram três métodos de adição de PIS em embutidos: adição na forma de gel no cutter ou adição como pré-emulsão no cutter .

Para DYNKIN et alii, um alto rendimento do produto cárneo pode ser obtido utilizando PIS hidratada na proporção 1:3, PH 6,8 e aquecimento com temperatura interna atingindo 90oC. A presença de muita gordura afeta a firmeza do produto.

KARDOUCHE et alii elaboraram embutidos com carne de peito de peru em pré ou pós rigor , utilizando níveis de 0, 3, 6 e 9% de PIS. Segundo os autores, o aumento da proporção de PIS determinou um aumento na aceitação, maciez, sabor e aroma. A utilização da carne de peru em pré rigor melhorou o rendimento, quando comparado com a utilização da carne em pós rigor .

Leia  Ganhe até 2 Mil por semana fotografando

CAPACIDADE DE RETENÇÃO DE ÁGUA. A capacidade de retenção de água (C.R.A.) é uma propriedade de importância fundamental em termos de qualidade tanto na carne destinada ao consumo direto, como para a carne destinada para industrialização. Pode ser definida como a capacidade da carne em reter sua umidade ou água durante a aplicação de forças externas como corte, trituração, aquecimento e prensagem.

A capacidade de retenção de água pode ser avaliada também pelo método de gotejamento, que mede o líquido que exsuda da carne durante seu armazenamento ou congelação ou descongelação. De outra forma, as propriedades funcionais da carne podem ser avaliadas através da capacidade de absorção de água. O método bem eficiente de WIERBICKI consiste em misturar 50g de carne com 150ml de água e centrifugar por 15 minutos a 1.000 rpm. A quantidade de água absorvida pela carne é avaliada e expressa em porcentagem.

FATORES QUE AFETAM A CAPACIDADE DE RETENÇÃO DE ÁGUA. Segundo FLORES & BERMELL, todos os fatores que afetam as proteínas miofibrilares tem influência importante sobre a C.R.A. da carne. Dentre eles, destaca-se o PH, alterações post-morten e o efeito de determinados sais. De acordo com FIELD, a capacidade de retenção de água é mínima em PH 5, o que corresponde aproximadamente ao ponto isoelétrico das proteínas miofibrilares. Adicionando alcali na carne, a C.R.A. aumenta até PH 9, mas decresce na faixa de PH 9-10. Entretanto, na faixa de PH normal da carne, não existe correlação entre o PH e a C.R.A..

Matéria Prima – Fabricação de linguiça de frango

Como matéria prima podem ser utilidadas:

a) Frangos da linhagem CORBETT, com 50 dias de vida, recém abatidos, resfriados e congelados para a elaboração de lingüiça com carne de coxa e peito não triturada;

b) frangos adquiridos no comércio que foram congelados e utilizados para a elaboração de lingüiças com carne triturada.

INGREDIENTES.
.Sal comum comercial;
.Nitrito de sódio P.A.;
.Isoascorbato de sódio comercial;
.Flavorizante natural;
.Proteína hidrolizada vegetal;
.Proteína texturizada de soja.

Métodos de Elaboração – Fabricação de linguiça de frango

Foram elaborados dois tipos de produtos:

Linguiça com carne de coxa e peito

Foram realizados dois tratamentos com quatro repetições. Os tratamentos correspondem a elaboração de linguiça de frango assim discriminados:
Tratamento A: linguiça de carne de coxa de frango
Tratamento B: linguiça de carne de peito de frango

A mistura de cura utilizada para ambos tratamentos constou de 3kg de sal comum, 1kg de açúcar e 15g nitrito de sódio para 100kg de carne. A carne de frango congelada foi descongelada e desossada manualmente. Neste experimento a carne não foi triturada. Foram colhidas amostras para a determinação em duplicata da composição centesimal e PH. A seguir, foi acrescentada a mistura de cura e colocada sob refrigeração a + ou – 5oC por 24 horas. Todos os produtos foram protegidos por material plástico, pesados, acondicionados em formas metálicas de 500g e submetidos ao cozimento em banho maria com temperatura de 85oC por 55 minutos. Após o cozimento, as formas foram resfriadas em água corrente e os produtos foram desenformados, retirando-se o material plástico. As linguiças foram acondicionadas em sacos plásticos e armazenadas sob temperatura de refrigeração. No dia seguinte, os produtos foram pesados e retiradas amostras para determinação da composição química e PH em duplicata, e para análise sensorial.

Linguiça com adição de PTS

A quantidade de PTS variou de 0 a 15%, sendo o experimento realizado em quatro tratamentos com quatro repetições em épocas diferentes. Empregou-se a carne proveniente de todas as regiões da carcaça:
Tratamento A: 100% de carne de frango
Tratamento B: 95% de carne de frango e 5% de PTS
Tratamento C: 90% de carne de frango e 10% de PTS
Tratamento D: 85% de carne de frango e 15% de PTS
A PTS, previamente moída, foi hidratada na proporção de uma parte de proteína com duas partes de água, conforme recomendações do fabricante.

Leia  Como iniciar um serviço de Limpeza de Janelas

ANÁLISES E AVALIAÇÕES. Proteínas – foi empregado o método de kjeldahl-micro, segundo BAILEY, para a determinação de nitrogênio total. A proteína bruta foi calculada em função dos teores de nitrogênio total, multiplicado pelo fator 6,25.

Legislação Específica – Fabricação de linguiça de frango

O empreendedor deve entrar em contato com a prefeitura de sua cidade para tomar conhecimento da exigências legais quanto à estrutura física e tomar conhecimento do Código de Defesa do Consumidor para que seu produto se enquadre nas normas estabelecidas.

O empresário também deverá registrar seus produtos no Ministério da Saúde (DINAL) e na Secretaria da Agricultura, sendo que este último registro visa a obtenção do sêlo de inspeção sanitária que permitirá a comercialização do produto.

A atividade deverá estar registrada no Conselho de Medicina Veterinária.

Fornecedores – Fabricação de linguiça de frango

Equipamentos em geral

EUROSERV S/A
Rua José Mortari, 665
Ribeirão Pires/SP
CEP: 09424-400
Tel.: (0xx11) 742-7841/742-6826
Fax: (0xx11) 742-6826
Contato: Marcelo Fioroni (vendedor técnico)

Equipamentos Auxiliares (CALDEIRA)

ATA COMBUSTÃO TÉCNICA S.A.
Rua Divino Espírito Santo – 1100
Petrópolis/RJ
CEP: 25715 – 410
Tel.: (0xx24)237-0262
Fax: (0xx24)237-6603
E-mail: ata@compuland.com.br
Home Page: http//www.ata.com.br
Contato: Luís Carlos M. Cirino (assistente de gerência técnica)

EDATA ELETROMECÂNICA LTDA
Rua Dentista Barreto – 1020 – Tatuapé
São Paulo/SP
CEP: 03420-000
Telefax: (0xx11)6942-9615
Contato: Gil

Equipamentos de segurança e proteção a saúde (fornecem afiadores, facas,
óculos, botas, avental, capacete, uniformes, luvas, detectores de gases,
protetores auriculares).

BALASKA EQUIPAMENTOS
Rua Dr. Pedro Arbues – 138 – Luz
São Paulo/SP
CEP: 01105-030
Tel.: (0xx11) 225-0077
Fax: (0xx11) 230-7676
Contato: Crivanir

TUIUTI EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA LTDA
Rua Tuiuti – 2040
Tel.: (0xx11) 6942-9988
Fax: (0xx11) 6942-0571

Grampeadeira

POLY-CLIP DO BRASIL IND. E COM. LTDA
Rua Paim – 326
São Paulo/SP
CEP: 01306-010
Tel.: (0xx11) 259-9633
Fax: (0xx11) 256-7045

Máquina de gelo

SABROE DO BRASIL
Rua João Tibiriçá – 900
São Paulo/SP
CEP: 05077-000
Tel.: (0xx11) 831-7255
Fax: (0xx11) 831-4888

Utensílios plásticos (bandejas de policarbonato)

ENGEFORMING INDUSTRIA E COMÉRCIO DE PLÁSTICO LTDA
Rua Moraes Navarro – 126 – Socorro
São Paulo/SP
CEP: 04763- 020
Tel.: (0xx11) 521-7077
Fax: (0xx11) 521-0971

MARFINITE PRODUTOS SINTÉTICOS LTDA
Rua Costa Aguiar – 640 – Ipiranga
São Paulo/SP
CEP: 04204-901
Tel.: (0xx11) 272-2122
Fax: (0xx11) 272-2115

MATÉRIA PRIMA

Carne

FRIGORÍFICO BERTIN LTDA
Via Acesso Lins – s/n – Getulina
Lins/SP
CEP: 16400 – 000
Tel.: (0xx14) 522-3400
Fax: (0xx14) 522-6001

FRIGORÍFICO TAMOYO LTDA
Rod. Rodolfo Saiti, s/n
37700-000 Poços de Caldas MG
Tel.: (0xx35) 713-2330
Fax: (0xx35) 713-1125

Condimentos

LABORATÓRIOS GRIFFITH DO BRASIL S/A
Av. João XXIII – 1010
Mogi das Cruzes/SP
CEP: 08700-000
Tel.: (0xx11) 469-0022
Fax: (0xx11) 469-2774

Embalagem

VISKASE DO BRASIL EMBALAGENS LTDA
Rua: José Dias – 435 – Bonsucesso
Guarulhos/SP
CEP: 07177-100
Tel.: (0xx11) 6480-3322
Fax: (0xx11) 6480-3378

 

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Propaganda Wibox

Posts Recentes

Ganhar dinheiro com Blog Ganhar dinheiro com Blog
Dinheiro7 meses ago

Como ganhar dinheiro com blog

Nos dias de hoje, ganhar dinheiro com blog, trabalhando unicamente no conforto de sua residência pode se tornar uma realidade....

Dinheiro Extra Dinheiro Extra
Dinheiro7 meses ago

Dinheiro Extra

Na hora de organizar as finanças, sabemos que qualquer adicional no final do mês já é capaz de fazer uma...

Dinheiro7 meses ago

Finanças Pessoais

Finanças pessoais para muitos, tornou-se sinônimo de pesadelo. A boa notícia é que não há nenhum segredo oculto para administrar essa...

Crédito Pessoal Crédito Pessoal
Dinheiro7 meses ago

Crédito Pessoal

O crédito pessoal nada mais é do que um empréstimo realizado para pessoas físicas. Diversas empresas e instituições bancárias oferecem...

Dinheiro7 meses ago

Empréstimo Pessoal Online

O surgimento de muitas empresas de crédito propiciaram vantagens ao trabalhador endividado. Uma delas é o empréstimo pessoal, que o...

Gerenciador Financeiro Gerenciador Financeiro
Dinheiro7 meses ago

Gerenciador Financeiro

Controlar com cuidado o próprio dinheiro é a melhor forma de saber onde os gastos estão indo, como melhorar e...

Dinheiro7 meses ago

Simulador de Financiamento

Simular um financiamento é a melhor forma de saber o quanto você terá que pagar em cada parcela, estabelecer a...

Empréstimo Pessoal Empréstimo Pessoal
Dinheiro7 meses ago

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal sempre é uma solução buscada em momentos de grande sufoco e apesar de ser uma alternativa muito...

Dinheiro7 meses ago

Como Juntar Dinheiro

Muitas vezes nossos sonhos demandam de certa quantia de dinheiro para serem realizados. No entanto, juntar esse valor parece ser...

O que fazer para Ganhar Dinheiro O que fazer para Ganhar Dinheiro
Dinheiro7 meses ago

O que fazer para Ganhar Dinheiro

Nem sempre a renda fixa do trabalho é o suficiente para alcançar objetivos financeiros. Por isso, muitas pessoas buscam uma...

Propaganda Wibox

Tendências