Ideias de Negócios

Montar confecção de Roupas em Tricô – Passo a Passo

 

 

 

By  | 10/12/2017

Saiba como montar uma Confecção de Roupas em Tricô lucrativa gastando pouco e sem cometer erros. Ganhe muito dinheiro confeccionando roupas. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

CONFECÇÃO DE ROUPAS EM TRICÔ

História

O tricô é um artesanato que remonta ao Egito antigo. No passado, o tricô à mão era muito usado tanto para roupas funcionais quanto para roupas decorativas, em regiões rurais, onde a lã era abundante. No século XIX, já se empregavam máquinas de tricô.

Mas somente no final daquele século (quando surgiu o culto de saúde relacionado à lã) as peças de lã adquiriram grande popularidade. Na virada do século, as mulheres teciam à mão ou à máquina, trajes tricotados elegantes, para serem usados fora de casa. Suéters, que antes eram apenas Sportswear, entram em moda na década de 20 e continuaram na de 30.

Durante as duas grandes guerras, as mulheres tricotavam peças para os soldados, algumas das quais se transformaram em moda (a balaclava, por exemplo). Nos anos 50 a malharia voltou-se para a moda: fibras novas e mais flexíveis foram misturadas à lã para criar uma gama mais ampla de desenhos, cores, texturas e possibilidades de uso.

Nos anos 60, o tricô estabeleceu-se fortemente no mundo da moda e, no final da década de 60 e início da de 70, houve um retorno do tricô artesanal, em grande parte devido à disponibilidade de fios em cores vivas e padrões atualizados. Essa volta particularmente nos anos 70, associou-se à moda étnica, tão usada neste final de milênio!

VOCÊ VIU?  Batata Frita - Montar fábrica de batata pré frita lucrativa

Vantagens

O tricô é uma técnica manual, artística e sobretudo atraente, constituindo-se numa excelente fonte para o desenvolvimento criativo de quem o executa. O grande atrativo, é que o empreendedor pode começar seu negócio em casa com um investimento baixo. Mas, quem não tem experiência no ramo deve se informar bem antes de escolher a máquina e frequentar os cursos dados pelos próprios fabricantes.

Investimento

O valor estimado, para o empreendedor iniciar esse tipo de negócio, está em torno de R$ 5 mil. Esse valor inclui despesas com equipamentos e instalações: máquina semi-industrial completa, telefone .

Concorrência

Como a concorrência é grande, deve-se investir no aperfeiçoamento e na variedade dos modelos de artigos produzidos em linha ou lã.

Diversificação

Dar aulas de tricô. Essa pode ser uma opção para a empresa diversificar suas atividades, incrementar o faturamento ou, ainda, garantir a renda em períodos de menor movimento, como no verão.

Comercialização do produto

Contratar vendedores autônomos é uma forma eficiente de aumentar as vendas à medida que a produção cresce.

Dicas para conservar os artigos de tricô

O tricô tornou-se um clássico na moda. Porém, para que ele torne-se realmente eterno em seu guarda-roupas, o tricô merece cuidado especiais. A lavagem à seco é a ideal, porém em caso de impossibilidade siga os seguintes conselhos:

Para lavar

. Lave-o manualmente com água na temperatura ambiente e enxague bem até tirar todo o excesso de sabão.
. Para se lavar uma malha, mesmo que branca, nunca se deve usar alvejantes a base de água sanitária ou cloro.
. O uso da máquina de lavar deforma a peça, por isso use-a apenas para centrifugar.
. As peças de cores escuras podem soltar tinta ao serem colocadas de molho. Tome o cuidado de lavá-las separadamente. A dica é enxaguá-las com um pouco de vinagre para não soltar a tinta.

VOCÊ VIU?  Como montar empresa de embalagens para Hortifruti

Para secar

. O tricô nunca deve ser torcido; apenas esprema com as mãos o excesso de água. . Para secar, deixe seu tricô sempre à sombra, pois as cores desbotam e o branco toma uma coloração amarelada se expostas ao sol durante o período de secagem.
. Para não haver deformação, a peça deve ser estendida sobre uma toalha em uma superfície plana e horizontal.
. Nunca use secadora, pois além de deformar as peças, o calor produzido encolhe a peça.

Outros conselhos

. As peças de tricô não precisam e não devem ser passadas a ferro.
. Para melhor conservação guarde seu tricô dobrado no avesso e mantenha-o dentro de um saco plástico.
. Nunca pendure-o no cabide.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no Sindicato Patronal;
O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar a sua confecção para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

Referências:

SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

VOCÊ VIU?  Como montar uma empresa de Decoração

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *