Connect with us

Ideias de negócios

Montar escola de culinária e Gastronomia gastando pouco

Published

on

Saiba como montar uma escola de culinária e gastronomia lucrativa gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro com atividade de ensino. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Escola de culinária

FICHA TÉCNICA
Tipo de atividade: ensino
Produtos: cursos

Apresentação

O prazer de preparar e degustar uma comida saborosa desperta há muitos anos a curiosidade das pessoas que apreciam a arte da culinária. Atualmente, esse hábito tem-se disseminado ainda mais e atrai consumidores e empresários que gostam de conhecer e experimentar pratos e costumes típicos de várias regiões brasileiras e de outros países.

Oportunidade

Por ensinar o processo da criação gastronômica, uma escola de culinária é uma boa oportunidade de negócio para os empreendedores atentos ao potencial desse mercado. A tendência, atualmente, está voltada para a cozinha light, com menos calorias e baixo teor de colesterol.

Espaço físico

Montar uma “sala” de aula adequada significa dispor de uma cozinha espaçosa, com paredes revestidas de azulejos até dois metros do chão, além de piso cerâmico liso, resistente e impermeável.

Equipamentos

As mesas e balcões podem ser revestidos com laminado plástico, aço ou granito – o importante é que todo o material também seja impermeável.

Fornecedores

Os produtos, em geral, são adquiridos de fornecedores selecionados e precisam ser manuseados e armazenados corretamente para impedir qualquer tipo de contaminação e deterioração. Em geral, os fornecedores são os atacadistas e supermercados.

Divulgação

Para promover o negócio, o empreendedor tem como opções enviar mala direta, distribuir panfletos e anunciar em jornais de bairro. Para vencer a concorrência é aconselhável aproveitar as datas festivas (Natal, Páscoa e Feriados) para organizar cursos especiais. O empresário pode investir na formação de turmas fechadas ou especializar-se em determinados cardápios.

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Portal de notícias sobre o Mercado de Trabalho. Equipe de profissionais e colaboradores atualizam o portal diariamente com notícias relevantes sobre emprego, renda, empreendedorismo e qualificação profissional.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Em Destaque

Copyright © Emprega Brasil. Todos os direitos reservados.