Investimentos

SENAI SESI tem R$ 40 milhões para projetos industriais

 

 

 

By  | 19/10/2017

Edital SENAI SESI de Inovação tem R$ 40 milhões para o desenvolvimento de projetos industriais

 

Empresas de pequeno, médio e grande portes, que têm projetos tecnológicos ou de melhoria de qualidade de vida do trabalhador, podem se inscrever no Edital SENAI SESI de Inovação 2015. Este ano serão R$ 40 milhões para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços que visem ao aumento da produtividade e competitividade das empresas brasileiras. O valor é 31,14% superior ao do ano passado. Os projetos devem ser desenvolvidos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) ou com o Serviço Social da Indústria (SESI). O edital está disponível no site portaldaindustria.com.br

 

Parceria com a agência britânica de inovação, a Innovate UK

 

“Nesta edição a principal novidade é a parceria com a agência britânica de inovação, a Innovate UK, para o desenvolvimento bilateral de projetos nas áreas de água, energia ou resíduos. Projetos nessas áreas aprovados no edital poderão ser escolhidos para serem executados em parte no Reino Unido, nas etapas de testes, protótipos e aprimoramento”, explica Marcelo Prim, gerente-executivo de inovação e tecnologia do SENAI. A parceria visa a estimular a transferência de tecnologia e a troca de experiência entre profissionais dos dois países para, assim, fortalecer o ecossistema de inovação no Brasil.

 

A missão custear projetos de inovação tecnológica

 

O Edital SENAI SESI de Inovação tem como missão custear projetos de inovação tecnológica. Além disso, desta vez, as startups estão contempladas em uma categoria específica. A ideia é financiar projetos de até R$ 150 mil para soluções rápidas que ajudem, por exemplo, em produtos-piloto ou protótipos. Todos os concorrentes precisam atuar em parceria com os Departamentos Regionais do SENAI, do SESI ou do SENAI/CETIQT. As inscrições vão até 7 de dezembro na página do Edital.

VOCÊ VIU?  Cursos Grátis

Assim como no último ano, haverá um ciclo contínuo de inscrição. Assim, as empresas terão chance de submeter propostas a qualquer tempo, até fevereiro de 2016, com possibilidade de seleção em avaliações trimestrais.

 

CATEGORIAS

Empresas de qualquer porte podem inscrever projetos em três categorias:

Categoria A: inovação tecnológica
Projetos realizados em parceria com o SENAI, orçados em até R$ 400 mil. Os projetos desta modalidade poderão ser desenvolvidos de forma bilateral, em parceria com o Innovate UK.
Prazo: 20 meses para serem executados a partir da contratação.

Categoria B: startups inovadoras
Projetos de startups de base tecnológica, realizados em parceria com o SENAI, orçados em até R$ 150 mil.
Prazo: 10 meses para serem executados a partir da contratação.

Categoria C: soluções de saúde e segurança no trabalho (SST) e qualidade de vida
Projetos realizados em parceria com o SESI, orçados em até R$ 400 mil.
Prazo: 20 meses para serem executados a partir da contratação.

 

PASSO A PASSO

1 – Inscrição: O projeto inovador pode ser inscritos a qualquer tempo até 7 de dezembro de 2015. Cada projeto pode ser orçado em até R$ 400 mil;

2 – Análise: As ideias apresentadas serão analisadas trimestralmente por comitê de avaliadores que inclui especialistas do ITA e da FGV. Serão três períodos de avaliação.

3 – Plano de projeto: são levados em conta o potencial inovador da ideia e a capacidade de a empresa colocá-la no mercado;

4 – Os projetos aprovados serão ranqueados. Aqueles que dentro do limite de crédito disponível para o ciclo seguem para a fase de contratação e execução. Os que ficarem abaixo, porém aprovados, terão chance no ciclo seguinte.

VOCÊ VIU?  Negócio Próprio - Monte o seu!

 

HISTÓRICO

Ao longo de dez anos, o Edital de Inovação já recebeu 4.424 propostas. Ao todo, 620 projetos foram aprovados.

 

Fonte: Agência de Notícias CNI

 

Utilize o formulário abaixo para fazer comentários ou perguntas sobre o artigo.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *