Ideias de Negócios

Montar serviço de Artesanato em Papel gastando pouco

 

 

 

By  | 11/11/2017

Saiba como montar serviço de Artesanato em Papel gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro com decoração em papel. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Artesanato em papel

Apresentação

Já no Egito antigo, utilizava-se uma mistura semelhante ao papel machê. No entanto, registros históricos definem essa arte como uma técnica chinesa milenar que foi difundida pelos franceses – a partir do século XVIII – na Europa, mas foi a partir do século XVIII, que ele foi largamente difundido na França.

Chegou ao Brasil, mas como diz o ditado popular, santo de casa não faz milagre, e talvez por isso, esse tipo de artesanato, apesar de sua riqueza e variedade, ficou por tanto tempo relegado a pracinhas e feiras improvisadas. A atividade rendia alguns trocados para artesãos empenhados em manter ofícios tradicionais de sua cultura, servia de hobby e passatempo de hippies e donas de casa.

Até que, nos anos 90, empurrada pelo desemprego e estimulada pela crescente valorização e demanda de produtos artesanais, a arte de trabalhar com as mãos saiu da marginalidade para ocupar um espaço importante como atividade econômica geradora de riqueza, emprego e renda. O artesanato de objetos em papel machê (em francês, papier machié) tem sido tão valorizado.

Papel machê

O Papel Machê consiste em micro fibras de pedaços da celulose trituradas e misturadas com qualquer tipo de cola. O resultado é a obtenção de uma massa não plástica, a que se pode dar forma.

É a partir dessa base que são feitas as figuras conforme os moldes. Secas, essas figuras recebem pintura. A sedosa superfície do papel machê é ideal para a pintura em miniatura.

O Papel Machê tem uma plasticidade mínima. Como comparação, observa-se que a argila, por ter plasticidade maior, é expansiva e por isso molda-se com facilidade no sentido de dentro para fora, já o papel Machê, de massa não plástica, tem a massa moldada no sentido de fora para dentro.

Processo produtivo

Não existe uma receita específica para a fabricação de papel machê. De modo geral, essa técnica consiste na utilização de papel picado ou triturado misturado com cola. Não existem quantidades pré-determinadas para as proporções de cada ingrediente e a definição de uma “fórmula” variará conforme a necessidade de cada artista.

Linha de produtos

Os produtos resultantes dessa técnica são amplamente conhecidos pela elegância dos desenhos coloridos e pela durabilidade. Com a técnica de papel machê é possível confeccionar objetos utilitários e decorativos como: Vasos , bandejas, quadros, peixes, esculturas, brinquedos, flores, frutos, móveis. A gama de produtos possíveis inclui ainda figuras humanas, pássaros, animais, tableware, abajures, braceletes, placas decorativas de parede, e tudo que a imaginação permitir. É comum encontrar, principalmente no mercado Europeu, peças em papel machê com tamanhos abaixo de 20cm. A miniaturização de peças moldadas em papel machê apresenta maior grau de dificuldade, principalmente quando a miniaturização trata de personagens e animais.

VOCÊ VIU?  Montar empresa de instalação de forros e persianas em pvc

Montando bonecos

A montagem dos bonecos de papel machê é muito simples, depois de preparada a massa, modela-se o rosto fazendo apenas bolinhas de tamanhos variados conforme o tamanho dos bonecos.

Depois de seco poderá ser feita uma pintura (para não ficar com aquele aspecto de jornal ou papel amassado) nas bolinhas modeladas e pintar o rosto do boneco.

Em seguida é feita a montagem do corpo que pode ser com um pedaço de pano, dependendo da criatividade do empreendedor.

Papietagem

Nada mais é do que a sobreposição de folhas de papel umidecido com cola, que são aplicadas sobre um molde pré-fabricado. Variante do papel machê, a papietagem é uma maneira rápida e fácil de produção de peças.

Matéria prima

A matéria prima utilizada é de baixo custo, além de ser reciclável. Ex.: embalagens, papelão, jornal, e todo tipo de papel, etc.

Processo produtivo de bonecos a partir da técnica de papietagem

Material

Bexiga, jornal , papelão, papel cartão, cola branca, tinta látex , papel de seda, tinta acrílica, pincéis tamanhos 1, 14 e 18 , tesoura , fita crepe, verniz fosco ou brilhante, barbante.

Execução

  • Encha a bexiga até que ela atinja aproximadamente 25 cm;
  • Dê um nó no bico e corte o restante;
  • Passe cola na bexiga e vá colando as tiras de jornal até cobri-la por inteiro.
  • Deixe secar bem a primeira camada e em seguida vá colando de três em três camadas até completar doze camadas de jornal. É importante que a cada três camadas a peça fique secando durante um tempo maior até que fique completamente seca. Com a peça seca, cole na base uma rodela de papelão e em seguida outra com formato de pezinho (para o pezinho fazer um formato de coração arredondado).
  • Feito isso, meça de cima para baixo 12 cm e corte a peça com estilete, deixando 3 cm sem cortar.
  • Cole neste espaço 2 fios de barbante para dar sustentação e fixação na peça.
  • Em seguida, cole na borda da peça cortada uma tira de papel cartão de aproximadamente 2 cm para formar a base de apoio.
  • Faça duas bolinhas de papel bem amassado para formar os bracinhos e colar 1 cm abaixo do corte.
  • Na hora de fazer as orelhinhas, corte 2 vezes um retângulo de 12 cm por 6 cm, e faça um corte triangular de 5 cm por 2 cm arredondando as pontas.
  • Cole as orelhas com fita crepe para moldá-las a cabeça e em seguida cole tiras de jornal.
  • Para o nariz faça uma bolinha pequena e cole com cola branca, fixando-a e deixando-a secar com fita crepe.
  • Com toda a peça montada, cole papel de seda bem amassado e deixe secar bem.
  • Pinte a peça toda por dentro e por fora com tinta látex para dar base à pintura final e deixe secar.
  • Com a peça bem seca, é hora da pintura final utilizando tinta plástica ou acrílica para artesanato (para a gravata usar papel cartão e para o laço da coelhinha, tecido).
VOCÊ VIU?  Como ser um Comerciante de Sucesso

Montando bonecos

Os bonecos de papietagem, podem ser montados da mesma maneira que os de papel machê, mas neste caso poderá ser feito o boneco inteiro (corpo) e assim utilizá-lo para montar a marionete.

Marionetes

Uma marionete nada mais é do que um boneco preso por fios pregados, numa extremidade em dois pedaços de madeira em forma de X e na outra extremidade, pregados em lugares estratégicos para dar o movimentação ao boneco. Uma marionete pode ser feita de madeira ou de papietagem.

Fantoches

Um fantoche é um boneco que ao invés de ter fios, ele será movimentado com a mão. Nesse caso, o boneco encobrirá a mão do artista como se fosse uma luva.

Aplicações terapeuticas e pedagógicas

Tanto a técnica de papietagem quanto a de papel machê pode ser utilizada como terapia ocupacional. Por estimular a criatividade, a execução desse tipo de trabalho alcança níveis altos de relaxamento que refletem em resultados terapêuticos animadores.

Na área pedagógica, essa técnica estimula o desenvolvimento artístico, a criatividade e o senso cívico dos alunos ao mostrar que objetos que seriam jogados no lixo, podem ser reaproveitados e transformados em arte.

Legislação Específica

Como Pessoa Jurídica:
Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretaria da Receita Federal;
– Registro na Secretaria da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar o seu negócio de artesanato para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização), e também o Alvará de Funcionamento.

Como Pessoa Física:
Referente ao Projeto Artes na Praça (PMV)
– Cadastro do Artesão no Projeto na Secretaria Municipal de Cultura;
– Análise e aprovação dos produtos artesanais pelo comitê gestor;
– Encaminhamento aos padrões de exposição: metragem da barraca, produtos, etc.
– Acesso ao regulamento do Projeto
– Carteirinha do Artesão (Adquirida na coordenação estadual de artesanato do ES)
– Avaliação Bimestral dos produtos.
OBS. Não é cobrado taxa.

VOCÊ VIU?  Perfumes - Saiba como fazer gastando pouco

Com relação a legislação, torna-se necessário alguns esclarecimentos, tais como:
IPI – De acordo com a legislação do IPI (Decreto 2.637, de 25/16/1998, artigos 5º, inciso III e 7º, inciso I), não se considera industrialização e, portanto, não é tributada por este imposto, a confecção ou preparo de produto de artesanato, assim definido o proveniente de trabalho manual realizado por pessoa física, nas seguintes condições:
a) quando o trabalho não conte com o auxílio ou participação de terceiros assalariados;
b) quando o produto seja vendido a consumidor, diretamente ou por intermédio de entidade de que o artesão faça parte ou seja assistido.

Referências:

SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *