Conecte-se conosco

Cargos e salários

Coordenador Pedagógico – O que faz, Salário, Formação, CBO

Veja o que faz, quanto ganha um Coordenador Pedagógico, onde estão as melhores vagas de emprego para professor pedagógico, informações completas do Ministério do Trabalho e Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas – Fipe – Usp com a participação de empresas e profissionais do setor de pedagógico e Recursos Humanos.

SEJA NOSSO REVENDEDOR E GANHE ATÉ R$ 27 mil MÊS
Chegou ao Brasil o Roteador inteligente que paga entre R$ 0,18 a 2,00 por cada pessoa que acessar sua internet wi-fi (alcance 50 mts), excelente para empresas, condomínios, residências e locais de grande fluxo. Um estabelecimento que recebe em média mil pessoas por dia pode ganhar até R$ 60 Mil mensais só compartilhando a internet. Trabalho a partir de Casa : FAÇA SEU CADASTRO NA WIBOX

A seguir, as informações sobre Coordenador Pedagógico:

  • Quanto ganha;
  • Jornada de trabalho;
  • Piso salarial;
  • Salário médio;
  • Maior salário;
  • Salário hora;
  • Código da Profissão;
  • Atribuições / descrição do cargo;
  • Formação e experiência;
  • Condições gerais para exercício do cargo;
  • Descrição das atividades;
  • Recursos para exercício do cargo;
  • Cargos relacionados;
  • Participaram da pesquisa;
  • Instituições.

Quanto ganha um Coordenador Pedagógico

  • Jornada de trabalho: 39h
  • Piso salarial: R$1.900,91
  • Salário médio: R$2.677,33
  • Maior salário: R$4.046,07
  • Salário hora: R$13,86
  • Código da Profissão: CBO 239405

Atribuições do cargo de Coordenador pedagógico

Implementam, avaliam, coordenam e planejam o desenvolvimento de projetos pedagógicos/instrucionais nas modalidades de ensino presencial e/ou a distância, aplicando metodologias e técnicas para facilitar o processo de ensino e aprendizagem. Atuam em cursos acadêmicos e/ou corporativos em todos os níveis de ensino para atender as necessidades dos alunos, acompanhando e avaliando os processos educacionais. Viabilizam o trabalho coletivo, criando e organizando mecanismos de participação em programas e projetos educacionais, facilitando o processo comunicativo entre a comunidade escolar e as associações a ela vinculadas.

Formação e experiência para Coordenador pedagógico

O exercício dessas ocupações requer curso superior na área de educação ou áreas correlatas. O desempenho pleno das atividades ocorre após três ou quatro anos de exercício profissional.

CONDIÇÕES GERAIS PARA O EXERCÍCIO DO CARGO

Atuam em atividades de ensino nas esferas públicas e privadas. São estatutários ou empregados com carteira assinada; trabalham tanto individualmente como em equipe interdisciplinar, com supervisão ocasional, em ambientes fechados e em horários diurno e noturno. Em algumas atividades podem trabalhar sob pressão, levando-os à situação de estresse.

Código internacional CIUO88
2351 – Especialistas en métodos pedagógicos y material didáctico

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

IMPLEMENTAR A EXECUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO/INSTRUCIONAL

1 – Acompanhar o desenvolvimento do trabalho docente/autor;
2 – Assessorar o trabalho docente;
3 – Administrar a progressão da aprendizagem;
4 – Observar o processo de trabalho em salas de aula;
5 – Visitar rotineiramente as escolas;
6 – Acompanhar a produção dos alunos;
7 – Acompanhar a trajetória escolar do aluno;
8 – Elaborar textos de orientação;
9 – Produzir material de apoio pedagógico;
10 – Observar o desempenho das classes;
11 – Analisar o desempenho das classes;
12 – Reunir-se com conselhos de classe;
13 – Observar conselhos de classe e de escola;
14 – Analisar as reuniões de conselho de classe e de escola;
15 – Analisar a execução do plano de ensino e outros regimes escolares;
16 – Sugerir mudanças no projeto pedagógico;
17 – Coordenar projetos e atividades de recuperação da aprendizagem;
18 – Fiscalizar o cumprimento da legislação e do projeto pedagógico;
19 – Coletar diferentes propostas de coordenação, supervisão e orientação como subsídios;
20 – Administrar recursos de trabalho;
21 – Administrar conflitos disciplinares entre professores e alunos;
22 – Intervir na aplicação de medidas disciplinares;
23 – Aplicar sanções disciplinares em consonância com o regimento escolar;
24 – Emitir pareceres para autorização de escolas particulares;
25 – Organizar encontro de educandos;
26 – Interpretar as relações que possibilitam ou impossibilitam a emergência dos processos ensinar;

Leia  Assistente de câmera externa salário e atribuições CBO 3731-45

AVALIAR O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO PEDAGÓGICO/INSTRUCIONAL

1 – Construir sistema de avaliação;
2 – Construir instrumentos de avaliação;
3 – Valorizar experiências pedagógicas significativas;
4 – Detectar eventuais problemas educacionais;
5 – Propor soluções para problemas educacionais detectados;
6 – Assegurar-se da consonância da concepção de avaliação com os princípios do projeto pedagógico;
7 – Possibilitar a avaliação da escola pela comunidade;
8 – Avaliar o desempenho das classes/turmas;
9 – Avaliar o processo de ensino e de aprendizagem;
10 – Verificar o cumprimento das metas;
11 – Avaliar a instituição escolar;
12 – Participar da avaliação proposta pela instituição;
13 – Avaliar o desempenho profissional dos educadores;
14 – Avaliar a implementação de projetos educacionais;
15 – Avaliar os planos diretores;
16 – Participar das avaliações externas;
17 – Avaliar os processos de maturação cognoscitiva, psicomotora, linguística e grafo perceptiva da criança;
18 – Propor ações que favoreçam a maturação da criança;
19 – Elaborar projetos de recuperação de aprendizagem;
20 – Analisar resultados das avaliações;

VIABILIZAR O TRABALHO COLETIVO

1 – Criar mecanismos de participação/interação;
2 – Criar espaços de participação/interação;
3 – Organizar os espaços e os mecanismos de participação/interação;
4 – Estruturar os tempos pedagógicos;
5 – Estimular a participação dos diferentes sujeitos;
6 – Equalizar informações;
7 – Contribuir para que as decisões expressem o coletivo;
8 – Estimular a transparência na condução dos trabalhos;
9 – Organizar reuniões com equipes de trabalho;
10 – Valorizar a participação das famílias e dos alunos no projeto pedagógico;
11 – Estimular a participação nas instituições associativas;
12 – Criar e recriar normas de convivência e procedimentos de trabalho coletivo;
13 – Planejar reuniões com equipes de trabalho;
14 – Formar equipes de trabalho;
15 – Promover estudos de caso;

COORDENAR A (RE) CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO/INSTRUCIONAL

1 – Levantar necessidades educacionais e sociais;
2 – Caracterizar o perfil dos alunos;
3 – Fornecer subsídios para reflexão das mudanças sociais, políticas, tecnológicas e culturais;
4 – Contextualizar historicamente a escola;
5 – Levantar recursos materiais, humanos e financeiros;
6 – Identificar os princípios norteadores da escola/instituição;
7 – Explicitar os princípios norteadores do projeto pedagógico;
8 – Estabelecer sintonia entre a política educacional do país e o projeto pedagógico da escola;
9 – Fornecer subsídios teóricos;
10 – Traçar objetivos educacionais;
11 – Traçar metas educacionais;
12 – Planejar ações de operacionalização;
13 – Articular a ação da escola com outras instituições;
14 – Articular a ação conjunta da escola com as instituições de proteção à criança e ao adolescente;
15 – Assessorar as escolas no planejamento e no atendimento à demanda por vagas;
16 – Administrar a demanda por vagas;
17 – Participar da elaboração e reelaboração de regimentos escolares;
18 – Buscar assessoria para viabilizar o projeto pedagógico/instrucional;
19 – Assessorar as escolas/instituições;
20 – Estabelecer sintonia entre as teorias de aprendizagem e as modalidades de ensino;
21 – Promover o estabelecimento de relações que favoreçam a significação do docente, do discente, da instituição escolar e da família;

ELABORAR PROJETO INSTRUCIONAL

1 – Identificar contexto de aprendizagem;
2 – Identificar público alvo;
3 – Elaborar objetivos;
4 – Mapear competências;
5 – Mapear conteúdo;
6 – Definir estratégias de ensino;
7 – Definir mídias;
8 – Definir abordagem de comunicação;
9 – Descrever atividades;
10 – Dimensionar carga horária;
11 – Propor estratégias de participação/interação;
12 – Propor alocação de recursos (humanos, financeiros, materiais e tecnológicos);
13 – Propor mecanismos de acessibilidade;
14 – Criar mecanismos de usabilidade;
15 – Definir escopo;
16 – Definir processos de avaliação;
17 – Traçar cronograma de execução;

Leia  Tabela Salarial, Piso Salarial, Salário Mínimo - Parte 7

DESENVOLVER PROJETO PEDAGÓGICO/INSTRUCIONAL

1 – Orientar autor sobre projeto pedagógico/instrucional;
2 – Mediar informações entre autor e equipe de produção;
3 – Participar da criação do projeto gráfico;
4 – Roteirizar material;
5 – Elaborar roteiro visual (storyboard);
6 – Adequar linguagem textual e imagética;
7 – Elaborar atividades;
8 – Garantir a integridade instrucional;
9 – Compatibilizar carga horária por atividades;
10 – Orientar equipe de produção;
11 – Acompanhar equipe de produção;
12 – Acompanhar processo de revisão;
13 – Descrever estrutura do ambiente de aprendizagem;
14 – Validar material revisado;
15 – Realizar controle de qualidade;
16 – Validar produto final;

PROMOVER A FORMAÇÃO CONTÍNUA DOS PROFISSIONAIS

1 – Formar-se continuamente;
2 – Atualizar-se continuamente;
3 – Estudar continuamente;
4 – Pesquisar os avanços do conhecimento científico, artístico, filosófico e tecnológico;
5 – Pesquisar práticas educativas;
6 – Aprofundar a reflexão sobre as teorias da aprendizagem;
7 – Aprofundar a reflexão sobre currículos e metodologias de ensino;
8 – Aprofundar a reflexão sobre o desenvolvimento de crianças, jovens e adultos;
9 – Selecionar referencial teórico;
10 – Selecionar bibliografia;
11 – Organizar grupos de estudos;
12 – Promover trocas de experiências;
13 – Orientar atividades interdisciplinares;
14 – Promover cursos, oficinas e orientação técnica na escola e inter escolas;
15 – Participar de cursos, seminários e congressos;
16 – Participar de fóruns: acadêmicos, políticos e culturais;
17 – Registrar a produção do conhecimento sobre a prática educacional;

COMUNICAR-SE

1 – Olhar com intencionalidade pedagógica;
2 – Expressar-se com clareza;
3 – Socializar informações;
4 – Divulgar deliberações;
5 – Elaborar relatórios;
6 – Sistematizar registros administrativos e pedagógicos;
7 – Emitir pareceres;
8 – Entrevistar;
9 – Divulgar resultados de avaliação;
10 – Divulgar experiências pedagógicas;
11 – Publicar experiências pedagógicas;
12 – Organizar encontros, congressos e seminários;
13 – Dominar a língua portuguesa;

DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS

1 – Compreender o contexto;
2 – Respeitar as diversidades;
3 – Criar espaços para o exercício da diversidade;
4 – Respeitar a autoria do educador;
5 – Respeitar a autonomia do educador;
6 – Criar clima favorável de trabalho;
7 – Demonstrar capacidade de observação;
8 – Trabalhar em equipe;
9 – Administrar conflitos;
10 – Intermediar conflitos entre a escola e a família;
11 – Interagir com os pais;
12 – Coordenar reuniões;
13 – Dimensionar os problemas;
14 – Estimular a solidariedade;
15 – Respeitar a alteridade;
16 – Estimular a criatividade;
17 – Estimular o senso de justiça;
18 – Estimular o senso crítico;
19 – Estimular o respeito mútuo;
20 – Estimular valores estéticos;
21 – Desenvolver a auto-estima;
22 – Estimular a cooperação;
23 – Administrar tempo;
24 – Auto-avaliar-se;
25 – Demonstrar criatividade;
26 – Demonstrar pró-atividade;
27 – Demonstrar versatilidade;
28 – Demonstrar flexibilidade;

Leia  Pesquisador em ciências da computação e informática - O que faz, Salário, Formação, CBO

RECURSOS PARA EXERCÍCIO DO CARGO

  1. Papéis;
  2. Giz, lápis, canetas;
  3. Livros, periódicos, jornais, revistas impressos;
  4. Computadores, scaner, impressora, multimídia;
  5. Máquina de escrever;
  6. Tintas: guache, aquarela;
  7. Mesas, cadeiras, estantes, armários;
  8. Arquivos;
  9. Softwares, disquetes, cd rom;
  10. Apagadores;
  11. Dvd;
  12. Filmadora;
  13. Máquina fotográfica;
  14. Retroprojetor, transparências;
  15. Tv, aparelho de videocassete;
  16. Copiadora;
  17. Datashow;
  18. Projetor de slides;
  19. Flipchart;
  20. Sucata;
  21. Fitas com filmes em vídeo, fitas cassetes;
  22. Jogos didáticos;
  23. Telefone, fax;
  24. Microfone, aparelho de som, gravadores;
  25. Lousas branca, giz, magnética, quadros;
  26. Web cam;
  27. Internet;
  28. Pen drive;
  29. Teleconferência;
  30. Ava (ambiente virtual de aprendizagem);
  31. Lms (plataforma/aplicativo);

CARGOS RELACIONADOS

  1. Coordenador pedagógico – Auxiliar de coordenador escolar, Auxiliar de coordenação de ensino fundamental de primeira a quarta séries, Coordenador auxiliar de curso, Coordenador de disciplina e área de estudo, Coordenador de ensino, Coordenador escolar;
  2. Orientador educacional – Auxiliar de orientação educacional, Orientador de disciplina e área de estudo, Orientador de ensino, Orientador escolar, Orientador profissional, Orientador vocacional e profissional, Professor de orientação educacional, Técnico de orientação profissional;
  3. Pedagogo – Auxiliar de orientação pedagógica, Auxiliar de orientação pedagógica em educação fundamental de primeira a quarta séries, Coordenador de orientação pedagógica, Coordenador de serviço de orientação pedagógica;
  4. Professor de técnicas e recursos audiovisuais;
  5. Psicopedagogo;
  6. Supervisor de ensino – Auxiliar de supervisor escolar, Auxiliar de supervisão de ensino, Supervisor educacional, Supervisor pedagógico;
  7. Designer educacional – Desenhista instrucional, Designer instrucional, Projetista instrucional;

PARTICIPARAM DA PESQUISA

  • Adriano De Lima Teles;
  • Ana Paula Abreu Fialho Campos Da Paz;
  • André Luiz Tavares Costa;
  • Antonio Rodrigues Da Silva;
  • Cassandra Amidani;
  • Consuelo Teresa Fernandez;
  • Edmilson De Castro;
  • Edna Rodrigues De Araujo;
  • Eliane Palermo Romano;
  • Fernanda Furuno;
  • Flavia Campos Faria;
  • Isabel Kimie Prospero;
  • Maria Candida Delgado Reis;
  • Maria Clara Paes Tobo;
  • Maria Da Conceição Santin Capello;
  • Maria Da Graça Nogueira Soares;
  • Maria Dos Prazeres Bezerra Barbosa;
  • Mariza Vasques De Abreu;
  • Marlete Vieira;
  • Otacilia Da Paz Pereira;
  • Paula Carolei;
  • Ruth Maria Pozzi Casati;
  • Severiano Garcia Neto;
  • Sonia Fontoura Cardoso;
  • Sylvia Figueiredo Gouvêa;
  • Teresa Jussara Luporini;
  • Tânia Maria Da Silva;
  • Vera Antonia Dante;

INSTITUIÇÕES

  • Apase – Sindicato Dos Supervisores De Ensino De São Paulo;
  • Colégio Pedro Ii (Rio De Janeiro);
  • Colégio São Domingos;
  • Consórcio De Ed. Superior A Distância Do E. Rio De Janeiro – Cederj;
  • Datasul S/a;
  • Diretoria De Ensino – Leste 5;
  • Diretoria De Ensino – Taboão Da Serra;
  • Escola Comunitária De Campinas;
  • Escola Municipal De Ensino Fundamental Professor José Ferraz De Campos (São Paulo);
  • Escola Nova Lourenço Castanho;
  • Escola Sylvio Rabello;
  • Escola Técnica Da Univ. Federal Do Rgs;
  • Fundação Do Instituto Tecnológico De Osasco (Fito);
  • Instituto De Estudos Avançados Iea;
  • Instituto Integrar;
  • Micropower Comserviços Software Ltda;
  • Movimento Dos Trabalhadores Sem Terra – Mst;
  • Saber Ead;
  • Secretaria Do Estado De Educação – Paraná;
  • Senac-sp;
  • Serviço Nacional De Aprendizagem Industrial – Senai;
  • Undime / Sp;
  • Universidade Anhembi Morumbi;
  • Universidade Federal De Juiz De Fora;
  • Webaula Produtos E Serviços Para A Educação;

Instituição Conveniada Responsável

Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas – Fipe – Usp

Fonte: Ministério do Trabalho

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda Wibox

Posts Recentes

Ganhar dinheiro com Blog Ganhar dinheiro com Blog
Dinheiro6 meses ago

Como ganhar dinheiro com blog

Nos dias de hoje, ganhar dinheiro com blog, trabalhando unicamente no conforto de sua residência pode se tornar uma realidade....

Dinheiro Extra Dinheiro Extra
Dinheiro6 meses ago

Dinheiro Extra

Na hora de organizar as finanças, sabemos que qualquer adicional no final do mês já é capaz de fazer uma...

Dinheiro6 meses ago

Finanças Pessoais

Finanças pessoais para muitos, tornou-se sinônimo de pesadelo. A boa notícia é que não há nenhum segredo oculto para administrar essa...

Crédito Pessoal Crédito Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Crédito Pessoal

O crédito pessoal nada mais é do que um empréstimo realizado para pessoas físicas. Diversas empresas e instituições bancárias oferecem...

Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal Online

O surgimento de muitas empresas de crédito propiciaram vantagens ao trabalhador endividado. Uma delas é o empréstimo pessoal, que o...

Gerenciador Financeiro Gerenciador Financeiro
Dinheiro6 meses ago

Gerenciador Financeiro

Controlar com cuidado o próprio dinheiro é a melhor forma de saber onde os gastos estão indo, como melhorar e...

Dinheiro6 meses ago

Simulador de Financiamento

Simular um financiamento é a melhor forma de saber o quanto você terá que pagar em cada parcela, estabelecer a...

Empréstimo Pessoal Empréstimo Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal sempre é uma solução buscada em momentos de grande sufoco e apesar de ser uma alternativa muito...

Dinheiro6 meses ago

Como Juntar Dinheiro

Muitas vezes nossos sonhos demandam de certa quantia de dinheiro para serem realizados. No entanto, juntar esse valor parece ser...

O que fazer para Ganhar Dinheiro O que fazer para Ganhar Dinheiro
Dinheiro6 meses ago

O que fazer para Ganhar Dinheiro

Nem sempre a renda fixa do trabalho é o suficiente para alcançar objetivos financeiros. Por isso, muitas pessoas buscam uma...

Propaganda Wibox

Tendências