Conecte-se conosco

Cargos e salários

Gestores e especialistas na área saúde salário e atribuições CBO 1312

Gestores e especialistas na área saúde salário e atribuições CBO 1312
  • Jornada de trabalho: 37h
  • Piso salarial: R$8.515,02
  • Salário médio: R$11.992,98
  • Maior salário: R$18.124,15
  • Salário hora: R$64,61
  • CBO 1312

Nesse artigo você vai encontrar todas as informações sobre o cargo de “Gestores e especialistas de operações em empresas, secretarias e unidades de serviços de saúde salário e atribuições – CBO 1312” realizada pela “Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas – Fipe – Usp e Ministério do Trabalho”.

  1. Tabela Salarial;
  2. Atribuições do cargo;
  3. Formação e experiência;
  4. Condições gerais para exercício do cargo;
  5. Descrição das atividades;
  6. Recursos para exercício do cargo;
  7. Cargos relacionados

Dica: Para encontrar o Código Brasileiro de Ocupações (CBO) da sua profissão, abra sua carteira de trabalho na página de registros profissionais).

Se deseja informações sobre outros cargos ou tenha alguma dúvida ou algo a acrescentar, utilize o formulário de comentários ao final do artigo. Nossa equipe de especialistas irá responder em seguida.

ATRIBUIÇÕES DO CARGO

Planejam, coordenam e avaliam ações de saúde; definem estratégias para unidades e/ou programas de saúde; realizam atendimento biopsicossocial; administram recursos financeiros; gerenciam recursos humanos e coordenam interfaces com entidades sociais e profissionais.

FORMAÇÃO E EXPERIÊNCIA

Essas ocupações são exercidas por pessoas com ensino superior completo, acrescida de cursos de especialização, com carga horária de duzentas a quatrocentas horas para o Diretor e Gerente de Serviços de Saúde e o Tecnólogo em Gestão Hospitalar. Para exercer a ocupação de sanitarista o profissional deve possuir graduação em nível bacharel na área de saúde pública/coletiva ou então ter o terceiro grau completo em qualquer área, porém um curso de especialização/pós-graduação na área de saúde pública/coletiva. Nenhuma experiência profissional é exigida do Gerontólogo. O exercício pleno das atividades para os demais profissionais ocorre após o período de um a dois anos de experiência profissional.

CONDIÇÕES GERAIS PARA O EXERCÍCIO DO CARGO

Os profissionais dessa família ocupacional podem exercer suas funções em empresas públicas ou privadas de atividades da saúde e serviços sociais. São empregados na condição de assalariado com carteira assinada; organizam-se em equipe e atuam com supervisão ocasional ou sem supervisão; trabalham em ambientes fechados e em períodos noturnos e diurnos. Em algumas atividades podem trabalhar sob pressão, levando-os à situação de estresse constante.

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

PLANEJAR AÇÕES DE SAÚDE

  1. Analisar indicadores de saúde;
  2. Elaborar indicadores de saúde;
  3. Analisar indicadores sociodemográficos;
  4. Operacionalizar ações e normas de autoridades sanitárias;
  5. Aprovar normas de funcionamento das unidades assistenciais;
  6. Aplicar as normas legais referentes ao funcionamento das unidades assistenciais e/ou atenção à saúde (farmácia, casa de apoio…);
  7. Definir instruções de serviços internos;
  8. Estabelecer normas técnicas de funcionamento da unidade assistencial;
  9. Estabelecer normas técnicas de vigilância e atenção à saúde;
  10. Adequar funcionamento da unidade assistencial às normas;
  11. Dimensionar rede própria e/ou credenciada de serviços de saúde;
  12. Elaborar instrumentos de avaliação;
  13. Planejar atendimento aos usuários, familiares e cuidadores;
  14. Planejar atividades socioculturais, educacionais e de promoção à saúde;
  15. Planejar ações de capacitação;
  16. Planejar ações de sensibilização;
  17. Planejar ações de educação permanente;
  18. Participar do planejamento de políticas públicas;
  19. Planejar ações de promoção, prevenção, atenção e recuperação da saúde;
  20. Realizar estudos e ações de territorialização em saúde;
  21. Analisar perfil epidemiológico das doenças e agravos;
  22. Analisar fatores determinantes e condicionantes de saúde;
Leia  Tabela Salarial, Piso Salarial, Salário Mínimo - Parte 9

COORDENAR AÇÕES DE SAÚDE

  1. Organizar fluxo de atendimento aos usuários;
  2. Organizar fluxo de serviços e ações de saúde;
  3. Estabelecer protocolos de atendimento;
  4. Estabelecer critérios para otimização de atendimento;
  5. Gerenciar serviços de assistência à saúde;
  6. Monitorar cumprimento de normas técnicas, administrativas e legais;
  7. Fiscalizar cumprimento das normas técnicas em vigilância sanitária;
  8. Viabilizar recursos para cumprimento de normas técnicas, administrativas e legais;
  9. Acompanhar processos de assistência à saúde;
  10. Implementar programas de saúde;
  11. Implementar programas de atendimento biopsicossocial;
  12. Coordenar projetos de cunho biopsicossocial;
  13. Estabelecer metas administrativas, técnicas e financeiras;
  14. Operacionalizar campanhas de saúde;
  15. Coordenar projetos e/ou programas de saúde;
  16. Estabelecer políticas de gestão;
  17. Promover atividades científicas;
  18. Elaborar projetos de pesquisa;
  19. Produzir material técnico-científico;
  20. Gerenciar risco em tecnovigilância;
  21. Gerenciar risco em hemoderivados;Gerenciar risco em farmacovigilância;
  22. Mapear riscos de acidentes de trabalho;
  23. Coordenar projetos de qualidade em atendimento;
  24. Planejar eventos gerontológicos;
  25. Implementar ações de sensibilização;
  26. Investigar surtos e emergências em saúde pública;
  27. Elaborar relatórios;

DEFINIR ESTRATÉGIAS PARA UNIDADES E/OU PROGRAMAS DE SAÚDE

  1. Elaborar plano estratégico;
  2. Definir padrão de qualidade do serviço de saúde;
  3. Analisar demanda dos serviços de saúde;
  4. Definir público-alvo de atendimento;
  5. Definir público alvo para serviços e ações de saúde;
  6. Definir aquisição de equipamentos, materiais e insumos;
  7. Definir investimentos e custeio;
  8. Definir capacidade operacional da instituição;
  9. Definir instalação física em função dos serviços;
  10. Participar na elaboração de campanhas de promoção e divulgação de serviços de saúde;
  11. Elaborar estudos de viabilidade técnica e econômica;
  12. Determinar destinação dos resíduos hospitalares;
  13. Participar da elaboração de plano de destinação de resíduos hospitalares;
  14. Avaliar necessidades de aquisição/ contratação de equipamentos, materiais e serviços;
  15. Participar das discussões estratégicas para unidades de saúde;
  16. Realizar pesquisas;

REALIZAR ATENDIMENTO BIOPSICOSSOCIAL

  1. Aplicar plano de atenção gerontológica (anamnese);
  2. Aplicar instrumentos de avaliação complementar;
  3. Monitorar aspectos biopsicossociais dos usuários;
  4. Realizar acolhimento dos usuários, familiares e cuidadores;
  5. Orientar usuários, familiares e cuidadores;
  6. Orientar adaptação do ambiente ao usuário;
  7. Executar atividades socioculturais e educacionais;
  8. Discutir casos com equipe interdisciplinar;
  9. Encaminhar para outros profissionais ou equipamentos;
  10. Prestar atendimento específico (preparação para aposentadoria, inserção;o do mercado, estimulação cognitiva, etc);
Leia  Tabela Salarial, Piso Salarial, Salário Mínimo - Parte 16

AVALIAR AÇÕES DE SAÚDE

  1. Estabelecer critérios de avaliação;
  2. Acompanhar processos de ação de saúde;
  3. Acompanhar resultados de ação de saúde;
  4. Monitorar processos e resultados de ações de saúde;
  5. Definir estratégias de avaliação;
  6. Avaliar resultados de campanhas;
  7. Avaliar desempenho dos equipamentos de saúde;
  8. Avaliar desempenho dos profissionais;
  9. Avaliar ações de vigilância de saúde;
  10. Avaliar o impacto das ações de saúde;
  11. Avaliar desempenho de acompanhantes (cuidadores informais);
  12. Verificar qualidade do atendimento;
  13. Avaliar programas implementados;
  14. Monitorar indicadores de saúde;

ADMINISTRAR RECURSOS FINANCEIROS

  1. Promover estudos de custo de serviços de saúde;
  2. Analisar estudos de custo de serviços de saúde;
  3. Levantar custo por departamento;
  4. Levantar custo da prestação de serviços;
  5. Calcular custo de tratamentos;
  6. Acompanhar fluxo financeiro;
  7. Avaliar resultados financeiros;
  8. Viabilizar captação de recursos;

GERENCIAR RECURSOS HUMANOS

  1. Dimensionar necessidade de contratação;
  2. Gerenciar diretores, chefias e coordenadores de ações de saúde;
  3. Aprovar contratações e demissões;
  4. Identificar perfis profissionais, de acordo com as necessidades;
  5. Promover programa de qualidade de vida no trabalho;
  6. Aprovar alterações de cargos e salários;
  7. Implementar ações de saúde e segurança do trabalhador;
  8. Identificar necessidades de capacitação e qualificação;
  9. Propor diretrizes para organograma funcional;
  10. Propor diretrizes de planos de carreira;
  11. Estabelecer níveis de responsabilidade dos profissionais de saúde;
  12. Propor contratações e/ou demissões;
  13. Propor alterações de cargos e salários;
  14. Propor diretrizes de planos de salários;
  15. Capacitar profissionais nas questões de velhice e envelhecimento;

COORDENAR INTERFACES COM ENTIDADES SOCIAIS E PROFISSIONAIS

  1. Representar a instituição junto à sociedade civil e órgãos governamentais;
  2. Realizar convênios e parcerias;
  3. Participar em conselhos;
  4. Fornecer subsídios para formação de conselhos de saúde;
  5. Propor auditorias;
  6. Contratar auditorias;
  7. Nomear ouvidores;
  8. Conciliar interesses dos usuários de serviços de saúde;
  9. Mediar conflitos de interesses entre atores envolvidos nos processos de saúde;
  10. Supervisionar convênios e parcerias;
  11. Prestar consultoria;
  12. Prestar assessoria;
  13. Prestar auditoria;
  14. Participar de conferência de saúde;

DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS

  1. Liderar pessoas;
  2. Demonstrar iniciativa;
  3. Evidenciar capacidade crítica;
  4. Demonstrar capacidade de comunicação;
  5. Demonstrar capacidade de negociação;
  6. Demonstrar criatividade;
  7. Evidenciar acessibilidade;
  8. Demonstrar capacidade de tomar decisão;
  9. Demonstrar capacidade de administrar conflitos;
  10. Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe;
  11. Demonstrar empatia;
  12. Demonstrar capacidade de observação;
  13. Contornar situações adversas;
  14. Demonstrar capacidade de comunicação não verbal;
  15. Demonstrar capacidade de escuta;
  16. Demonstrar capacidade retórica;
  17. Delegar funções;
  18. Demonstrar capacidade de administrar o tempo;
  19. Demonstrar capacidade de estabelecer vínculos;
  20. Demonstrar capacidade analítica;

RECURSOS PARA EXERCÍCIO DO CARGO

  1. Jornal, redes sociais e sites;
  2. Sistemas de informação em saúde;
  3. Internet;
  4. Softwares específicos;
  5. Sistemas integrados de gestão;
  6. Publicações técnico-científicas;
  7. Lista De Informações;
  8. Manual de normas e rotinas;
  9. Recursos de informática;
  10. Manual de instrução funcional;
  11. Aparelhos de telefonia;
  12. Material pedagógico;
  13. Material de atividade lúdico;
  14. Protocolos de avaliação;
  15. Instrumentos de avaliação;
Leia  Tabela Salarial, Piso Salarial, Salário Mínimo - Parte 32

CARGOS RELACIONADOS

  1. Diretor de serviços de saúde – Diretor clínico, Diretor de departamento de saúde, Diretor de departamento médico, Diretor de divisão médica, Diretor de serviços médicos, Diretor de unidade assistencial, Diretor de unidade de saúde, Diretor de unidade hospitalar, Diretor médico-hospitalar, Diretor técnico de unidade hospitalar
  2. Gerente de serviços de saúde – Administrador de ambulatório, Chefe de serviços de saúde, Gerente da área de saúde mental, Gerente de ambulatório, Gerente de apoio e diagnóstico de saúde, Gerente de enfermagem, Gerente de nutrição em unidades de saúde, Gerente de programas de saúde, Gerente de pronto-socorro
  3. Tecnólogo em gestão hospitalar
  4. Gerontólogo
  5. Sanitarista

PARTICIPARAM DA PESQUISA

  • Alessandra Archanto Alcaide
  • Ana Luiza De Andrade
  • Angela Mendes Abreu
  • Biágio Antônio Cupolillo Ganino
  • Carlos Antônio Maranho
  • Cintia Gama Dias
  • Fabiano Barnart
  • Fausto Soriano Estrela Neto
  • Flávia Aramaki
  • Fátima Cristina Rangel
  • José Alberto Salinas
  • José Augusto Soares
  • José De Novais Cordeiro
  • Luciana Martins Frassetto De Freitas
  • Luiz Fernando Lomelino Soares
  • Marcia Marinho Tubone
  • Marcos André Castro De Azeredo Bastos
  • Maria Helena Silveira
  • Mariana Garcia Sandrin
  • Maíra Catharina Ramos
  • Milena Yuri Suzuki
  • Miryan Ribeiro De Lima
  • Monique Alves De Oliveira
  • Márcia Cristina Cid Araújo
  • Oduvaldo Goes
  • Orlando Souza Do Lago
  • Paulo César De Almeida Mattos
  • Priscila Pascarelli Pedrico Do Nascimento
  • Tiago Nascimento Ordonez
  • Wanderley Borges

INSTITUIÇÕES

  • Amil – Assitência Médica Internacional
  • Associação De Hospitais E Clínicas Do Rj
  • COORDENADORIA MUNICIPAL DA TERCEIRA IDADE DE SÃO CAETANO DO SUL
  • Casa De Saúdedom Pedro Ii
  • Centro Municipal De Saúde Marcolino Candau
  • DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA – UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
  • Federação Das Indústrias Do Estado Rio De Janeiro
  • GRUPO VIDA – BRASIL
  • LAR DO ANCIÃO DE DIADEMA
  • OPERADORA DE SAÚDE PREVENT SENIOR
  • Pam Henrique Valadares – Prefeitura Município Rj
  • Pcrj – Centro Munic. De Saúde João Barros Barreto
  • Santa Casa De Misericórdia De Santo Amaro
  • Santa Casa De São Paulo
  • Secretaria Municipal De Saúde Do Rio De Janeiro
  • Sindherj – Rio De Janeiro
  • Sindhrio
  • Universidade Federal Do Rio De Janeiro (Ufrj)

Instituição Conveniada Responsável

Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas – Fipe – Usp

Fonte: Ministério do Trabalho

Receba Artigos e Vagas por E-mail

Insira seu e-mail:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda Wibox

Posts Recentes

Ganhar dinheiro com Blog Ganhar dinheiro com Blog
Dinheiro6 meses ago

Como ganhar dinheiro com blog

Nos dias de hoje, ganhar dinheiro com blog, trabalhando unicamente no conforto de sua residência pode se tornar uma realidade....

Dinheiro Extra Dinheiro Extra
Dinheiro6 meses ago

Dinheiro Extra

Na hora de organizar as finanças, sabemos que qualquer adicional no final do mês já é capaz de fazer uma...

Dinheiro6 meses ago

Finanças Pessoais

Finanças pessoais para muitos, tornou-se sinônimo de pesadelo. A boa notícia é que não há nenhum segredo oculto para administrar essa...

Crédito Pessoal Crédito Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Crédito Pessoal

O crédito pessoal nada mais é do que um empréstimo realizado para pessoas físicas. Diversas empresas e instituições bancárias oferecem...

Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal Online

O surgimento de muitas empresas de crédito propiciaram vantagens ao trabalhador endividado. Uma delas é o empréstimo pessoal, que o...

Gerenciador Financeiro Gerenciador Financeiro
Dinheiro6 meses ago

Gerenciador Financeiro

Controlar com cuidado o próprio dinheiro é a melhor forma de saber onde os gastos estão indo, como melhorar e...

Dinheiro6 meses ago

Simulador de Financiamento

Simular um financiamento é a melhor forma de saber o quanto você terá que pagar em cada parcela, estabelecer a...

Empréstimo Pessoal Empréstimo Pessoal
Dinheiro6 meses ago

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal sempre é uma solução buscada em momentos de grande sufoco e apesar de ser uma alternativa muito...

Dinheiro6 meses ago

Como Juntar Dinheiro

Muitas vezes nossos sonhos demandam de certa quantia de dinheiro para serem realizados. No entanto, juntar esse valor parece ser...

O que fazer para Ganhar Dinheiro O que fazer para Ganhar Dinheiro
Dinheiro6 meses ago

O que fazer para Ganhar Dinheiro

Nem sempre a renda fixa do trabalho é o suficiente para alcançar objetivos financeiros. Por isso, muitas pessoas buscam uma...

Propaganda

Tendências