Ideias de Negócios

Como abrir um negócio com pouco dinheiro

 

 

 

By  | 20/06/2017

Como abrir um negócio com pouco dinheiro e sem cometer erros, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Como abrir seu próprio negócio com pouco dinheiro e de maneira prática

A ideia da abertura de um negócio próprio sempre foi rodeada de uma série de burocracias que geralmente causavam desânimo em qualquer um. Esse é um conceito ultrapassado, pois a praticidade vem chegando com toda força para tornar esse processo prático e rápido.

Você pode montar a sua microempresa sem precisar ter dores de cabeça, escolhendo negócios de baixo investi­mento e que sejam de pouco risco.

Estudar qual o segmento que mais se identifica com os seus ideais e procurar o tipo de equipamento certo é fundamental. Essa é uma maneira bastante prática de começar a concretizar a ideia que ficava somente na cabeça e na ponta do lápis.

Para começar seu negócio próprio, você não precisa de funcionários. Pesquise os negócios que requeiram de início somente a sua mão-de-obra, e quando o negócio se consolidar procure auxiliares.

É importante não se atropelar. Faça diariamente uma agenda com as tarefas do dia para conseguir tempo para todas as coisas. Organização é fundamental. Pode ser que você se atrapalhe muito mais com sua agenda do que com as burocracias legais.

Para empreendedores como você, a disciplina deve ser sua mais íntima companheira.

Em termos de trâmites legais, existe o “Fácil”, um programa implantado pelo governo que permite o registro de sua microempresa em até 24 horas. Também o Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo) garante a mesma rapidez na legalização de uma microempresa. Esses programas reduziram o número de documentos exigidos para a abertura de micro e pequenas empresas e concentram, em um mesmo local, os procedimentos envolvidos no registro comercial.

Começando em casa

A tecnologia desenvolvida para quem tem empreendi­mentos domésticos, não deixa nada a desejar às corporações maiores. O básico de todo e qualquer empreendimento, o telefone e o produto, é o passo número um da história. Tendo os dois, você já está no ramo empresarial. Organize-se e registre tudo.

Existe o serviço de escritório virtual. Com ele você pode ter uma sala de reuniões para receber clientes, serviços de office-boy, central de recados, endereço comercial, enfim, tudo o que uma grande em­presa tem. Você paga esse ser­viço por tempo de uso. Os escritórios virtuais são essenciais para quem não tem a estrutura ideal para receber clientes e, principalmente, para aqueles que não têm o capital necessário para manutenção de custos.

Um cômodo da casa é o suficiente para sua empresa.Com uma boa mesa, uni armário e um toque de deco­ração para tornar o ambiente agradável e com a sua cara, pode ser o lugar que você mais passe o seu tempo daqui para frente.

Não acumule papéis e outros objetos no seu pequeno escritório. Isso atrasa seu rendimento diário e causa inúmeros problemas na hora de procurar alguma coisa. Rasgue sempre os papéis desnecessários, guarde em pastas o que você irá precisar e o seu dia será bem mais produtivo. O acúmulo de papéis é um dos maiores causadores de burocracia em empresas.

Administrando o tempo

Pense em tudo o que você faz diariamente. Repense. Será que não existe uma maneira mais simples rápida de fazer tudo isso? Procure se aperfeiçoar nas tarefas. Se é você quem faz tudo, provavelmente cometerá erros, o que é inevitável. Portanto, canalize esses erros para um fim produtivo, e aprenda com eles.

Deixe de lado suas manias de estimação. Procure se desprender dos seus princípios e conceitos. Isso só impede sua capacidade de crescimento. A ideia é se moldar às situações que estarão aparecendo diariamente diante da sua capacidade de iniciativa e decisão.

A administração do tempo é um fator determinante para o microempresário. Com o dia programado no início da jornada de trabalho, você pode operar milagres. Claro que imprevistos devem acontecer. Mas se você tiver agendado suas prioridades, já tem meio caminho andado.

Outra palavra chave no dia de trabalho do microempresário é a prioridade. Priorize tarefas, não deixe compromissos importantes para o dia seguinte. Mesmo que seja um compromisso para o próximo mês, vá resolvendo os problemas que eventualmente possa atravancá-lo no dia do compromisso. Um erro fatal cometido pelos empresários de primeira viagem é jogar problemas para o dia seguinte.

Para ajudá-lo, procure livros e outras publicações a respeito. Como você está se iniciando na carreira de empresário, é indiscutível que vai precisar de ajuda. Como o seu dia estará tomado pelos exercícios práticos, não deixe de fazer uma pequena leitura por dia, antes de dormir. Os livros são fontes de conhecimento essencial para o calouro em administração. Traz dicas de empreendedores experientes e de sucesso.

Dinheiro

Para todo mundo o dinheiro está curto. E você está entrando numa jogada em que o capital é o coringa. Complicado? Depende. Para começar, escolha um negócio dentro das suas reais possibilidades financeiras para evitar dívidas, pois elas podem levar seu recém inaugurado negócio para o poço.

Mesmo que o negócio que escolheu não seja exatamente aquele que você sonhou, procure se iniciar em alguma coisa que esteja próximo ao ideal. Esse pode ser o pontapé inicial para gerar o capital necessário para o seu sonho. Tente adequar ao dinheiro que você tem as possibilidades para atingir o seu objetivo. O mundo dos empreendimentos é composto por uma série de etapas e você deve passar por uma de cada vez.

Geralmente, as pessoas que iniciam um negócio com o básico de capital, mantém-se com o retomo do produto que vendem. Pode acontecer de você não gerar a receita necessária, então precisará pedir ajuda. Existem vários tipos de empréstimo para micro e peque­nas empresas. Faça um estudo sério sobre suas finanças e procure o que for mais adequado para seu caso. Cuidado com os empréstimos fáceis eles geralmente engolem as finanças da empresa e podem deixá-lo num beco sem saída.

 

Você pode procurar também os bancos estaduais e federais que têm programas de financiamentos par quem está abrindo micro e pequenas empresas. Prepare-se para ser duramente avaliado por esses órgãos, mas se você for aprovado, sem dúvida, é uma boa saída.

Competidores

Quando entrar no mercado, não terá como fugir. Você terá entrado na briga pelo seu es­paço. Por isso, é fundamental que domine tudo sobre o seu produto, conhecendo a fundo o que vende, dificilmente estará colocando-o em risco. E, ainda, fica mais fácil descobrir porque existem pessoas que estão na sua frente.

Você, nem ninguém, entra no mercado com um produto de sucesso “garantido”. só o cliente pode dizer o que é ou não é o melhor. Na hora da formulação do produto, tome o lugar do cliente.

Pense sobre o que gostaria de encontrar no produto, qual o resultado que esperaria, onde gostaria de encontrá-lo e por quê. Questione tudo nessa fase com um grande e sonoro “por quê”, pois pode ser isso que os seus concorrentes façam para estar na frente. E, claro, saiba responder a cada uma dessas perguntas com todo argumento possível, porque muita gente conhece as perguntas mas não sabe responder nem a metade.

Nessa briga de concorrência, é mais importante usar a cabeça do que a força. Um ataque com maiores quantidades do seu produto em diferentes pontos não seria a solução mais inteligente. Seria sim, se você usasse esse recurso depois de ter aprimorado o seu produto. O segredo está em descobrir o ponto fraco do seu concorrente mais próximo. Trabalhando nesse ponto é que poderá passar na frente.

Sites afins

Abra uma Franquia: http://www.midiapane.com.br
Local Drive – Monte sua empresa: http://www.localdrive.com.br
Google Apps – Economize: http://www.google.com/Apps/Negócios

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *