Ideias de Negócios

Como abrir uma sorveteria self-service

 

 

 

By  | 09/01/2018

Ganhe muito dinheiro vendendo sorvetes, saiba como abrir uma sorveteria self service com pouco dinheiro e sem cometer erros, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Ficha Técnica:
Setor da Economia: Terciário.
Ramo de Atividade: Comércio.
Tipo de Negócio: Comércio de Sorvete.

Sorveteria Self Service – como abrir a sua

Mercado

Os grandes fabricantes de sorvetes estão apostando cada vez mais no seu produto e acreditando na potencialidade do mercado. Dessa forma, vêm deflagrando grandes campanhas que visam mudar o hábito de consumo dos brasileiros, procurando mostrar que, além de gostoso e refrescante, o sorvete é um excelente complemento alimentar. Novas marcas estão surgindo, na esteira do sucesso dos grandes produtores, através de investimentos em segmentos diversificados, com processos de fabricação mais artesanais, criação de novos sabores, etc.

Uma nova modalidade interessante de comercialização são as sorveterias por quilo. O secular sistema de servir o sorvete vai, aos poucos, dando lugar aos chamados bufês de sorvetes, onde o cliente se serve pelo sistema self-service , escolhendo o sabor do sorvete, a quantidade e as coberturas, variando conforme  seu gosto.

A revista Sorveteria Brasileira fez um estudo deste sistema, no Estado do Rio Grande do Sul, estado onde mais se vende sorvete no país e detectou que o sistema self-service tem feito sucesso porque os consumidores vêm se deliciando com a perspectiva de montar a própria taça, copo ou casquinha, definindo o quanto almejam de cada sabor e cobertura.

O mercado de sorvetes no Brasil ainda é pouco explorado. O sorvete é uma invenção antiga, dos chineses, que há 3 mil anos já misturavam neve com sucos de frutas para obter um alimento nutritivo, de consistência agradável e paladar saboroso.

VOCÊ VIU?  Seja um Artesão e ganhe muito dinheiro com Artesanato

Sorvete

Diversificando o produto

Sendo o  sorvete um produto fortemente associado ao verão, uma excelente alternativa para diminuir a sazonalidade do faturamento é diversificar os produtos, comercializando sucos, cafés, tortas geladas, doces e salgados.

Uma sorveteria que apresente uma grande novidade (sorvete de sabor inusitado, um tipo de casquinha até então desconhecido, caldas diferentes, etc.) poderá despertar a curiosidade do público em geral e, desta forma, ampliar sua clientela, desde que faça um bom trabalho de marketing.

Porém, os fatores que realmente cativam o consumidor é a boa qualidade do sorvete – e isto deve ser exigido dos fornecedores -, a limpeza do local e o bom atendimento.

Localização

Localizar um ponto em uma área mista (comercial e residencial), associado a um plano de marketing estratégico, pode garantir um movimento considerável, pois diversifica a clientela. Geralmente, o espaço que o empresário tem para o desenvolvimento de uma sorveteria é pequeno. Pode ser uma área de 15 a 20 m2 de loja ou mesmo um quiosque em um espaço vazio de um shopping.

Principalmente por ser pequena, a sorveteria deve ser leve, atrativa e colorida. Deve lembrar tudo o que é lúdico para atrair gente de todas as idades.

Os clientes devem ter facilidade de se locomoverem em torno de suas preferências. A ordem e a colocação de sorvetes, copos, pratos e talheres, coberturas, biscoitos e confeitos devem ser claras, com um caminho fácil de ser percorrido, onde se recorre ao que se quer. No final, um caixa para receber, pesar e cobrar do cliente.

Equipamentos

Os equipamentos básicos para uma sorveteria self-service são:
– Freezer para armazenagem.
– Balcão self-service com freezer (capacidade em torno de 400 litros);
– Caixa com Máquina registradora;
– Balança Eletrônica com etiquetadora;
– Mesas e cadeiras para clientes;
– Materiais Diversos (Conchas, baldes, porta-pás, colher de sorveteiro, expositores para caldas, biscoitos e confeitos, descartáveis, taças, copos, talheres, etc).

VOCÊ VIU?  Como montar uma Empresa de Outdoors

Mão de obra

A mão de obra é de de no mínimo 2 funcionários: 1 balconistas e 1 caixa.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretaria da Receita Federal;
– Registro na Secretaria da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Solicitação do Alvará da Vigilância Sanitária junto a Secretaria Municipal de Saúde.

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar a sua sorveteria self-service para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização), e também o Alvará de Funcionamento.

Sites afins

Fábrica de Sorvetes LUIGI: www.luigi.com.br
Fábrica de Sorvetes KIBON: www.kibon.com.br
Franquias de Sorvetes‎: www.icemellow.com.br
Sorvetes para eventos: www.desantossorveteria.com.br
SEBRAE/SC: www.sebrae-sc.com.br

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *