Ideias de Negócios

Montar uma confecção de Roupas Descartáveis – Passo a Passo

 

 

 

By  | 19/09/2017

Saiba como montar uma confecção de Roupas Descartáveis lucrativa gastando pouco e sem cometer erros. Ganhe muito dinheiro produzindo aventais, gorros, propés, jalecos, máscaras,coberturas de óbito, etc. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Confecção de roupas descartáveis

FICHA TÉCNICA
Setor da Economia: Indústria
Ramo de Atividade: Confecção
Tipo de Negócio: Confecção de Roupas Descartáveis
Produtos ofertados/produzidos: Aventais, gorros, propés,jalecos, máscaras,coberturas de óbito, etc.

Apresentação

Confortáveis para quem não quer sujar a roupa no dentista e imprescindíveis em ambientes hospitalares, as roupas descartáveis surgem como representantes da modernidade, higiene, conscientização e respeito às leis.

Desenvolvido por norte americanos na década de 60, o que se convencionou chamar “não tecido”é matéria prima para confecção de roupas cirúrgicas.

Esse material revolucionou várias áreas principalmente a de higiene pessoal e a de produtos cirúrgicos e viabiliza a produção das roupas descartáveis em escala industrial.

Pontos críticos

O ramo de artigos de “não tecido” para hospitais apresenta algumas peculiaridades que exigem muita cautela do investidor:

  • Reaproveitamento: este é, segundo fabricantes de roupas descartáveis de uso hospitalar, o principal empecilho é a resistência em massificar sua aplicação. Um dos maiores desafios é convencer o consumidor da ineficiência e do perigo da reutilização, bem como das vantagens do emprego das roupas cirúrgicas descartáveis, que garantem economia de até 30% em relação ao tecido convencional;
  • Oferta de produtos de baixa qualidade: do outro lado estão as empresas de confecção em “não tecidos” que, além de viver na informalidade, prejudicam a imagem do segmento e entravam a disseminação de seu uso ao oferecer produtos de gramaturas mais leves para aplicações que pedem maior durabilidade.

Marketing

Comm o objetivo de ampliar o mercado, empresários do setor vêm investindo no treinamento da equipe de vendas e no marketing de seus produtos. Neste segmento não basta ter um bom produto, é preciso praticar um marketing agressivo, ser criativo, manter-se atualizado e buscar novas alternativas econômicas de produção capazes de gerar um preço atraente no varejo.

VOCÊ VIU?  Como montar fábrica de Bijuterias. Passo a Passo

Criatividade

Mais do que máquinas especiais, o que pesa é a criatividade, agilidade nos lançamentos e muita variedade.

Consumidor

Ao mesmo tempo que identificam novas estratégias de marketing, as empresas do setor têm procurado abrir novas frentes de consumo e buscam contato com as indústrias farmacêutica e alimentícia, sem falar nos hotéis e companhias aéreas. De modo geral, o público-alvo envolve hospitais, consultórios odontológicos e laboratórios clínicos, que empregam as roupas descartáveis tanto em pacientes como em profissionais da área.

O universo de consumidores é amplo, mas fica um alerta para quem está começando: o ideal é determinar sua área de concentração, evitando a diversificação da linha de produtos e a quem se destina. Esse é um passo que exige cuidado e deve ser feito de maneira ordenada.

Lembre-se que um dos segredos do bom desempenho nesse mercado é conhecer profundamente o nicho no qual está atuando e estar atento para as possíveis variações na oferta de artigos.

Linha de produtos

Aventais para uso de paciente; aventais manga curta para uso de pacientes ou profissionais; aventais manga longa para uso dos profissionais; toucas (turbante) para uso de pacientes ou profissionais; gorros para uso de pacientes ou profissionais; macacões para uso profissional; propés para uso de pacientes ou profissionais; máscaras simples com ou sem clips; máscaras duplas com ou sem clips; máscaras tripla com três camadas com ou sem clips e filtros; máscaras ovais para uso de pacientes ou profissionais; máscaras faciais para proteção de barba/bigode; pijamas para uso de pacientes; calças e blusa; coberturas de óbito, campos cirúrgicos e protetores de leito.

Equipamentos

Com uma máquina de costura comum, é possível ingressar no ramo de confecções de descartáveis de TNT. Existem vários fabricantes que podem orientar nessa escolha, dentre eles a Elgin e a Singer.

VOCÊ VIU?  Como montar uma loja de Produtos Descartáveis

Matéria prima

A principal é o “não tecido”. Estrutura formada por fibras ou filamentos naturais, artificiais ou sintéticos dispostos em várias direções e solidificados através de processos químicos, mecânicos ou físicos (calor e pressão, jatos de água e ar). O “não tecido” diferencia-se do tecido convencional unicamente pela maneira como são tecidas suas linhas, ato que definirá a gramatura do tecido. Ele pode ser leve ou pesado, macio, flexíveis ou rígidos. Coloridos ou estampados. Absorventes, impermeáveis, porosos, etc.

São escolhidos para uma determinada aplicação, de acordo com a característica que se deseja, do mais leve ao mais pesado. Por exemplo, a cobertura de fraldas exige maciez, porosidade, resistência a líquidos e serem anti-alérgicos. Ou os carpetes agulhados que necessitam resistência ao desgaste, serem anti-alérgicos, imputrescíveis e anti-estáticos.

O conhecido “perfex” (que possui forma agulhada) e o tecido de roupa cirúrgica são exemplos de produtos elaborados a partir dos “não tecidos”.

O tipo de tecido a ser empregado deverá ser definido conforme o tamanho e textura adequada à sua linha de produção e os próprios fornecedores podem ajudar nessa escolha. Comercialmente ele é conhecido como TNT (tecido não texturizado) ou ainda “No Woven” (do idioma inglês).

Tipos de “não tecido”

– Leve: menor que 25g/m2;

– Médio: entre 26 e 70g/ m2;

– Pesado: entre 71 e 150g/ m2;

– Muito pesado: acima de 151g/ m2.

Entidades/Empresas do ramo

CETIQT (Centro de tecnologia da Indústria Química e Têxtil), instituição que oferece serviços educacionais, técnicos e tecnológicos compatíveis com a evolução da cadeia têxtil: http://www.cetiqt.senai.br/cetiqt.htm

DESCLIN, empresa de confecção de vestuário descartável: http://members.xoom.com/marcochella/desclin/index.htm

ANADONA, empresa de confecção de vestuário descartável:http://www.anadona.com.br

INTERFITAS, fornecedor de bobinas de nãotecido (tnt / no woven): http://www.interfitas.com.br/principal.htm

VOCÊ VIU?  Montar confecção de Vestidos de Noiva- Passo a Passo

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

3 Comments

  1. Adriana

    janeiro 5, 2016 at 10:44 pm

    Boa tarde….Lucineia pesquiisa na internet os fabricantes de descartaveis de tnt na sua cidade e entra em contato com eles. Eles passa serviços de montages e acabamentos

  2. Luiza

    outubro 28, 2015 at 9:04 pm

    Olá boa noite queria informações de como pegar os produtos para fazer em casa.tenho máquinas em casa e gostaria de trabalhar com confecção de produtos cirúrgicos. Grata.

  3. lucineia braz

    fevereiro 20, 2015 at 5:58 pm

    tenho oficina de costura com todo maquinario cnpj inei estou com dificuldade de encomtrar fornecedores de descartaveis.tnt avental etc . o que preciso para achar fornecedor?alguem pode me ajudar? muito obrigada:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *