Trabalho em Casa

Como fazer Sabonete Artesanal em líquido e barra

 

 

 

By  | 20/10/2017

Neste artigo escrito pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), você vai aprender a fazer os sabonetes em barra, sabonetes líquidos, cristais de banho e aromatizadores de ambiente feitos com ervas aromáticas. Além de perfumarem, esses itens ainda apresentam propriedades medicinais e podem ser um importante fonte de renda trabalhando em casa.

Sabonete líquido

Sabonete líquido

Ingredientes

  1. 350mL de base de sabonete líquido ou base para shampoo, que pode ser transparente ou perolado;
  2. 700mL de água desmineralizada;
  3. 50ml de anfótero para espessar;
  4. 2 ou 3 gotas de corante alimentício ou para cosmético;
  5. 5mL (1 colher das de sopa) de essência de ervas;
  6. camomila, calêndula, erva-doce, erva-cidreira, alecrim, sálvia etc.;
  7. 1 colher de plástico de 5mL (1 colher de sopa);
  8. 1 vasilha plástica;
  9. 1 medidor de líquidos

A base para se fazer o sabonete (anfótero, essências e corantes) pode ser comprada em casas que vendem produtos para artesanato. A água desmineralizada pode ser trocada por água de chuva, porém somente em locais que não têm poluição do ar. Essa água deve ser coletada em baldes limpos, devendo-se esperar um dia para usar, para que ela se estabilize e diminua acidez.

Modo de fazer

  • Numa vasilha de plástico, já previamente limpa, colocar a água e a base para sabonete líquido, mexer com a colher plástica suavemente para não fazer espuma. Após misturada, colocar o anfótero para deixar mais espesso o sabonete, continuar mexendo lentamente até engrossar. Estando totalmente misturado, colocar as gotas de corante, colocar uma a uma até obter a coloração desejada. Por fim, colocar a essência, mexer suavemente e colocar nos vasilhames de 250mL ou 500mL.
  • Rendimento: quatro vasilhames de 250mL ou dois de 500mL. Colocar rótulo informando a essência utilizada e a validade do produto. A validade está escrita no litro de base para sabonete líquido.

Sabonete líquido com chá de ervas

Sabonete líquido com chá de ervas

Ingredientes

  1. 1 litro de água sem cloro;
  2. 1 maço de ervas frescas (hortelã, sálvia, alecrim etc.) ou 100 gramas de ervas secas (camomila, erva-doce, alecrim, calêndula etc.);
  3. 250mL de base para sabonete líquido;
  4. 50ml de anfótero;
  5. 2 ou 3 gotas de corante;
  6. 5mL de essência (1 colher das de sopa)

Modo de fazer

  • Numa leiteira colocar a água e a erva escolhida e deixar ferver até diminuir o volume pela metade (ficar apenas 500mL de chá). Deixar esfriar totalmente e, em seguida, coar. Colocar o chá coado em uma vasilha plástica ou de vidro;
  • Acrescentar, aos poucos, a base para sabonete e ir misturando, sempre devagar para não formar bolhas. Após estar bem  misturado, colocar o corante. Deve-se ter cuidado, pois o chá já tem uma coloração natural, porém essa cor vai sumindo com o tempo já que se tratam de pigmentos naturais, daí a importância de se colocar corante nessa receita, mas com cuidado, observando a coloração que ficará ao final. Recomenda-se fazer testes com um pouco do sabonete preparado e gotejar o corante até acertar a cor desejada;
  • Após acertar a cor, colocar a essência; apesar de o chá ter o odor característico da erva utilizada, a essência da própria erva ajuda a intensificar esse aroma além de preservá-lo por mais tempo. Não recomendamos utilizar óleos essenciais, pois óleo e água não se misturam e ocasionariam bolhas de óleo na superfície do produto;
  • Por último, colocar o anfótero, inicialmente 50mL e ir acrescentando mais, de 10 em 10mL, até chegar na espessura desejada. Em seguida, colocar em embalagem e rotular. A embalagem pode ser um filme plástico ou uma caixa; não esquecer de colocar no rótulo a validade do produto que será, nesse caso do uso do chá, de seis meses e a erva utilizada
    no preparo do sabonete.
VOCÊ VIU?  Ganhe dinheiro revendendo CDs de Games

Sabonetes em barra

Sabonete em Barra

Para o sabonete em barra será preciso usar o fogão e uma uma panela de ágata ou de vidro, utilizada apenas para essa finalidade. Essa panela deve ser levada ao fogo em banho-maria. Será preciso uma outra panela ou forma com água fervente.

Ingredientes

  1. base de glicerina hipoalergênica sólida, transparente ou opaca para sabonete;
  2. corante alimentício ou para cosméticos;
  3. essência de ervas: camomila, calêndula, erva-doce, ervacidreira, alecrim, sálvia etc.;
  4. ervas secas: erva-doce, calêndula, linhaça (que pode ser usada como esfoliante natural).

Pode-se usar fôrmas de silicone ou plásticas, as de silicone são mais caras, porém duram mais, já as plásticas duram apenas duas ou três vezes e se deformam, mas são muito baratas e encontradas em diversos modelos e formas. O interessante é usar as duas para diversificar os modelos de sabonetes.

Modo de fazer

  • Picar a glicerina finamente (quanto mais fina, mais rápido de derreter); colocar para medir na fôrma escolhida, a glicerina terá que “sobrar” acima da fôrma. Colocar só a glicerina na panela e levar ao banho-maria, não mexer, pois formará bolhas. Quando estiver totalmente derretida, retirar do banho-maria e colocar o corante e a essência; mexer delicadamente evitando a formação de bolhas;
  • Colocar as ervas secas escolhidas (usar somente um tipo, o mesmo da essência) e misturar. Levar imediatamente a mistura para a fôrma, para não formar “nata”. Encher bem a fôrma, pois depois que esfria o sabonete se retrai; É importante deixar a fôrma em local onde não será mais mexida, pois terá que ficar em repouso por uma hora no mínimo ou até endurecer bem. Após esse processo, desenformar, esperar secar por mais meia hora desenformado e passar em plástico-filme. Colocar o rótulo, descrever a essência e a data de validade. A validade do sabonete é a mesma da base de glicerina utilizada;
  • Pode-se usar a linhaça como esfoliante, a vantagem é que ela pode ser usada em qualquer essência. Outra maneira é colocar primeiro as ervas secas na fôrma e por cima um pouco do sabonete já derretido, esperar endurecer um pouco e colocar o restante do sabonete, assim as ervas ficarão apenas na superfície, tornando-o mais bonito;
  • As ervas secas podem ser usadas tanto em base opaca quanto em base transparente, porém na transparente conferem ao sabonete um visual mais atrativo.
VOCÊ VIU?  Montar serviço de Artesanato em Papel gastando pouco

Cristais de banho

Cristais de Banho

Os cristais são utilizados para a limpeza do corpo e podem ser usados como escalda-pés, dependendo da erva escolhida. Os cristais são fáceis de fazer; basicamente é preciso apenas misturar sal grosso com ervas medicinais ou aromáticas secas, como camomila, calêndula, alecrim, sálvia, arruda etc.

Modo de fazer

  • Misturar 50 gramas de sal e uma colher das de sopa da erva escolhida, colocar em saquinhos plásticos. Rotular indicando a erva utilizada e suas propriedades. Pode-se explicar, também, o modo de usar, podendo ser diluída em água morna e jogar pelo corpo após o banho e, em seguida, retirar com água corrente. Já para o escalda-pés deve-se colocar os cristais numa vasilha com água morna e mergulhar os pés por 20 minutos.

Aromatizantes de ambiente

Aromatizantes de ambiente

Os aromatizantes são ótimos para perfumar o ambiente e podem também ser usados na aromaterapia. Seu processo de fabricação é simples e rápido.

Ingredientes

  1. 250mL de álcool de cereais;
  2. 50mL de água mineral sem cloro;
  3. 50mL de essência de ervas: camomila, calêndula, abacaxi, erva-doce, bergamota, erva-cidreira, alecrim, sálvia, arruda etc.;
  4. de 2 a 5 gotas de corante;
  5. palitos de algodão-doce, que devem ter o dobro do tamanho do frasco;
  6. frasco de vidro com gargalo estreito, com tampa.

Modo de fazer

Basta misturar os produtos e, por fim, colocar o corante gota a gota até a coloração desejada; colocar no frasco com tampa, rosquear bem e deixar descansar por uma semana em local escuro para fixar bem a essência. Depois abrir, colocar os palitos e usar no ambiente.

Sabão de ervas

Sabão de Ervas

Receita do engenheiro agrônomo Osmar Mosca Diz (da Divisão de Extensão Rural – Dextru/CATI).

Ingredientes

  1. 6 barras de sabão de coco;
  2. ervas frescas ou secas (alecrim, sálvia, hortelã, manjericão, erva-doce etc.);
  3. 1 litro de água;
  4. gotas de corante alimentício ou para cosméticos;
  5. opcional – essência para sabonete.

Modo de fazer

  • Fazer um chá forte da erva escolhida (usar apenas um tipo de erva), colocando um litro de água mineral no fogo junto com as ervas; deixar reduzir até meio litro, esfrie e coe;
  • Ralar o sabão de coco e colocar no fogo em uma panela usada especialmente para essa finalidade. Deixar derreter totalmente, acrescentar o chá frio coado, colocar o corante e a essência, mexer levemente sem fazer espuma. Colocar em fôrmas de alumínio (tipo para bolo inglês que fica mais bonito e alto) e deixar esfriar; quando estiver sólido, cortar em pedaços e deixar secar ao ar livre e, só depois de bem seco, embrulhar em plástico-filme. A validade desse produto será a mesma do sabão de coco.
VOCÊ VIU?  Ganhe dinheiro com desenhos para artesanatos em Isopor

OBSERVAÇÃO: Segundo a Maria Cláudia Silva Garcia Blanco Engenheira Agrônoma Divisão de Extensão Rural (Dextru/CATI), para que as essas receitas tenham ação terapêutica, nos sabonetes em barra e nos cristais de banho podem ser adicionados óleos essenciais extraídos das plantas no lugar das essências artificiais. Já nos sabonetes feitos à base de água e/ou chá, usar essência já que óleo e água não se misturam.

Utilizar plantas secas de ótima qualidade que podem ser colhidas e secadas ou adquirir as ervas secas provenientes de estabelecimentos farmacêuticos.

Ações terapêuticas

  • Camomila: relaxante e clareadora da pele;
  • Calêndula: cicatrizante e contra assaduras;
  • Erva-doce: antioxidante e reparadora da textura da pele;
  • Erva-cidreira: relaxante e refrescante;
  • Alecrim: estimulante e bom para a circulação periférica;
  • Sálvia: antisséptica e cicatrizante;
  • Arruda: antisséptica, energizante e usada contra piolhos

Dicas

  • Sabonetes líquidos – colocam-se, inicialmente, 50mL de anfótero; se o sabonete não ficar na espessura desejada, colocar mais 10mL e mexer, assim sucessivamente até chegar à espessura desejada. Atenção para não engrossar demais, senão ficará difícil para tirar do vasilhame.
  • Sabonete em barra – para dar acabamento no sabonete, após desenformado, pode-se utilizar uma pequena faca, delicadamente, para retirar e acertar as laterais do produto.
  • Cristais de banho – ao utilizar a essência ou o óleo essencial da erva escolhida, o produto ficará melhor, pois o óleo essencial tem propriedades terapêuticas.
  • Sabão de ervas – esse produto pode ser utilizado para limpeza em geral, de roupas e de cozinha; não usar para o corpo.

Fonte: Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI (cati.sp.gov.br)

Receba vagas e artigos no email. É grátis!

Emprega Brasil

Emprega Brasil, site de empregos, trabalho e renda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *